Pr. Ildo Alves – 7 Pecados capitais

Isaías 48.11 – ORGULHO
“Por causa de mim mesmo, só de mim mesmo, é que vou agir; com efeito , como haveria de ser profanado o meu nome? A minha glória, não a darei a outrem.”
O conceito e a lista destes erros não constam na Bíblia Sagrada, pelo menos não nesta ordem ou nesta enumeração.
Penso ser um assunto pertinente pros nossos dias amigo leitor. Se descobríssemos o mal que faz o pecado na vida das pessoas, possivelmente tentaríamos evita-lo ou como diz um texto bíblico “fugir” de sua aparência.
Sua elaboração não vem da Igreja Católica como pensamos, esta ideia surge no movimento monástico no 4ª século da era cristã; Surge com os monges que se afastaram para o deserto do Egito, logo após a conversão de Costantino;
Com este Imperador, o cristianismo se torna a religião oficial do império, passa a ser parceira do poder;
Toda vês que a igreja abandona sua posição profética e se une numa relação amigável com o estado ela se compromete com a promiscuidade.
Estes monges fugiram do conforto em ser cristão e foram para o deserto;
São os chamados pais do deserto, que viveram como eremitas nos desertos do Egito, Síria e Palestina;
A palavra “monge” deriva de uma palavra grega que significa “sozinho”;
No século IV, estes monges detectam as principais paixões humana;
Um monge grego chamado Evágrius do Ponto, que percebe estas deficiências nas pessoas, as caracteriza como paixões do ser humano;
Cassiano, discípulo do Evágrius, traz esta lista para o oriente e o Papa Gregório inclui no catecismo da Igreja católica; Isso no século VI;
Alguns teólogos analisam estas 3 listas e fecham uma mais atual, já no século 17; a saber
SOBERBA – AVAREZA – LUXÚRIA – IRA – GULA – INVEJA – PREGUIÇA
Em dez de março de 2008, o Vaticano publicou a nova lista, com novos pecados mais sociais
O Vaticano inclui a:
Manipulação genética, uso de drogas, desigualdade social e poluição ambiental. Os nosso são os sete primeiros que são os clássicos, alvos destes devocionais.
Eles são chamados capitais porque são cabeças, no sentido de puxar uma série de outras paixões;
Cabeça no sentido de origem – fonte e de liderança às outras paixões que temos;
Por Exemplo: A ira é um pecado Capital porque dá origem a vingança ;
A soberba, que dá origem a vaidade;
Te convido a me acompanhar nesta viagem por um tema tão intrigante e atual, principalmente com a falta de explicação para tantas tragédias que tomamos conhecimento pela mídia ou até mesmo aquelas que enfrentamos em nossas próprias vidas.
O pecado é a separação completa do ser humano a Deus.
Vamos!
Abraço






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.