Professores da rede pública vão paralisar as atividades

Sob a liderança da APLB Sindicato, os trabalhadores da Educação da Bahia vão aderir à greve nacional da Educação, convocada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE). As redes públicas de ensino dos municípios e do Estado da Bahia irão parar nos próximos dias 14, 15 e 16 de março, para lutar em defesa de melhorias no ensino.

A diretoria da APLB já iniciou a mobilização da categoria, com assembléias nas regionais e reuniões com representantes das unidades escolares. A greve tem como principais bandeiras de luta questões como o investimento de 10% do PIB (Produto Interno Bruto) na educação, a implantação do PNE (Plano Nacional de Educação), o cumprimento integral da Lei do Piso Nacional, onde entra a implantação de 1/3 de hora-atividade para o magistério.

Fonte: http://www.aplbsindicato.org.br/estadualeinterior/






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.