Mais 21 municípios baianos entram em estado de emergência por causa da seca

Piripá esta entre essas 21 cidades que entraram em estado de emergência.

A Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional reconheceu nesta segunda-feira (18) o estado de emergência em 21 municípios afetados pela seca na Bahia. No país inteiro, já são 1.473 cidades em estado de emergência por causa da estiagem.

Na Bahia, que agora tem 250 municípios em estado de emergência, os maiores problemas ocorrem nas lavouras e na criação de animais. A queda na produção agropecuária pode afetar o abastecimento de outros estados, que compram dos baianos produtos como café, milho e mandioca.

O coordenador de Defesa Civil do estado, Salvador Brito, informou que, desde março, um comitê criado pelo governo da Bahia acompanha as ações de atendimento da população.

A principal é garantir a distribuição de água para a população e para os animais, seja com caminhões pipa, seja com a perfuração de poços e cisternas. Também estão sendo distribuídas cestas básicas para as famílias mais afetadas pela seca. As informações são da Agência Brasil.

Os 21 municípios que tiveram estado de emergência reconhecido hoje são Água Fria, Aramari, Bom Jesus da Lapa, Caraíbas, Coração de Maria, Inhambupe, Ipecaetá, Itapicuru, Itatim, Jacobina, Malhada, Nova Canaã, Palmeiras, Piripá, Ribeirão do Largo, São Félix do Coribe, São José do Jacuípe, Sítio do Mato, Sobradinho, Souto Soares e Utinga.

Fonte: Correio






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.