Primeiro clube de futebol do mundo tem vida modesta na 8ª divisão

A cidade de Dronfield, no norte da Inglaterra, é um pacato lugar com belas casas e ruas arborizadas. Um dos caminhos que conecta o município com a cidade de Sheffield é a Sheffield Road, uma via de pista dupla. O mais desavisado pode facilmente passar pela estrada e não notar que ela é casa de um time histórico. É onde fica a sede do Sheffield FC, o primeiro clube de futebol do mundo.

Fundado em 1857 por jogadores de críquete, o Sheffield FC obviamente não tinha adversários e disputava partidas entre sócios. As regras foram determinadas pelo próprio clube, já que a Football Association (FA) ainda não existia e só definiria as leis do jogo em 1863. O primeiro jogo contra outro time ocorreu em 1860, contra o local Hallam, criando assim o primeiro dérbi da história.

O importante passado do Sheffield FC pode ser visto nas modestas instalações que o time possui atualmente. Hoje o time disputa a Northern Premier League Division One South, o equivalente à oitava divisão inglesa. Porém, a história trouxe ao clube alguns benefícios: entre os sócios mais famosos estão o presidente da Fifa, Joseph Blatter, e o ex-técnico da seleção inglesa, Sven Goran-Eriksson.

Uma pequena sala na sede guarda troféus, flâmulas e lembranças de uma rica história antiga. Por todos os lados podem ser vistos cartazes e quadros exaltando a longevidade do time ou ilustrando importantes ex-sócios. Uma estante de ferro acumula as taças (em sua maioria de competições amadoras) conquistadas nos 155 anos do clube, que foi reconhecido pela Fifa como o mais antigo.

O BT Local Business Stadium tem capacidade para apenas duas mil pessoas e conta com arquibancadas baixas. As cadeiras localizadas à direita do placar foram inclusive retiradas para uma reforma. Para a satisfação dos jogadores do Sheffield FC, ao menos a qualidade do gramado é boa.

“Os jogos atraem torcedores, os públicos são bons. O estádio tem capacidade de 2 mil, mas ontem tivemos em um amistoso contra o Sheffield Wednesday que teve 1300 torcedores. Temos esses números todas as semanas”, afirmou Steven Hall, secretário do clube e único presente à sede para receber a reportagem doTerra.

Instalado em um escritório pequeno na sede feita de madeira, o funcionário trabalha cercado por recordações. É possível observar pelas paredes do local flâmulas de clubes estrangeiros como Ajax e Boca Juniors, uma bandeira do Brasil e uma foto autografada por Pelé. A loja do clube estava fechada e só se abrirá ao início da próxima temporada, ao fim de agosto.

“Um grande número de pessoas que viaja à Inglaterra decide ver o clube de futebol mais antigo do mundo. Recebemos um número grande de visitantes de todo o mundo. Já veio gente de Alemanha, Austrália, França, Suécia…”, listou o secretário do clube.

Ao que parece, a grandeza do Sheffield FC vai ficar somente em seu passado. Para Hall, o clube jamais disputará a primeira divisão do Campeonato Inglês contra gigantes como Manchester United, Arsenal e Liverpool. Por enquanto, o lugar do clube de futebol mais antigo do mundo é a oitava divisão e a história do esporte.

“Somos um clube pequeno. Não haveria as condições suficientes para chegar mais acima. A Northern Premier League Division One South é o máximo que podemos alcançar, qualquer outra divisão seria muito caro para podermos nos manter”, disse o funcionário.

Liga Europa
Terra irá exibir ao vivo via internet para o Brasil todas as partidas da Liga Europa da Uefa nas temporadas de 2012/2013, 2013/2014 e 2014/2015, sendo o único meio de comunicação do País a transmitir ao vivo os 205 jogos da competição. As transmissões serão disponibilizadas em alta definição (HD) e padrão standard, inclusive para tablets e smartphones.

Fonte: Terra






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.