Estudantes de Condeúba participam de antologia literária na Bienal de São Paulo

Dois estudantes de escolas municipais de Condeúba têm seus textos publicados em uma coletânea de crônicas produzidas por alunos participantes do projeto “Ler é Bom, Experimente!” O livro intitulado As melhores crônicas dos projetos de leitura – Volume 4, quarta coletânea do projeto, foi lançado na Bienal Internacional do Livro de São Paulo no dia 11 de agosto, no estande do “Projetos de Leitura”, disponível ao público pelo valor simbólico de R$ 5,00, com direito a autógrafos dos estudantes autores e do escritor Laé de Souza, autor do projeto.

Escolas de Condeúba participam pelo oitavo ano do projeto que é desenvolvido há mais de doze anos pelo Grupo Projetos de Leitura, com aprovação do Ministério da Cultura e patrocínio do GRUPO SEGURADOR BANCO DO BRASIL E MAPFRE. Com o objetivo de incentivar o hábito da leitura, as escolas participantes receberam um lote de 152 livros, além de material de apoio como folhas pautadas para redação e ainda uma cartilha pedagógica para auxiliar o professor a executar as atividades dentro da sala de aula.

Os estudantes receberam as obras “Radar, o cãozinho” (português/inglês), “Quinho e o seu cãozinho – Um cãozinho especial” e “Acredite se quiser!”, de Laé de Souza, para leitura, discussão dos temas propostos nas obras, adaptação para teatro, exercícios e outras atividades, culminando com a criação de um texto para participar do concurso de melhor crônica. Os melhores trabalhos foram premiados com livros e participam da coletânea junto com estudantes de várias regiões do Brasil. Em Condeúba foram selecionados os textos de Gibson Souza e Adenis Rocha Sousa, alunos das professoras Rosângela Meira de Oliveira e Andréia Pereira Flores, do Colégio Municipal Alcides Cordeiro.

Para o coordenador do trabalho, o escritor Laé de Souza, a ideia é atrair todos os estudantes para uma participação ativa em um movimento literário na sua própria escola. “A disseminação da leitura na sala de aula, se bem orientada, poderá criar novos cidadãos apaixonados pela leitura e com vontade própria de ler. Nosso trabalho é desenvolvido para que os jovens se tornem adultos atraídos pelos encantos e aprendizado que a leitura de livros pode proporcionar. O professor é nosso parceiro e assume conosco a empreitada de fazer o aluno descobrir o prazer da leitura. Condeúba participou de todas as coletâneas com textos de alunos do Colégio Municipal Alcides Cordeiro, com a orientação da professora Rosângela Meira de Oliveira. Ter o seu texto publicado é um grande estímulo e motivo de orgulho para o aluno”, diz.

Sobre o Grupo Projetos de Leitura

Criado em 1998, pelo escritor Laé de Souza, os trabalhos têm como objetivo vencer um dos maiores desafios encontrados pelos professores e amantes da literatura: criar o hábito da leitura.  Os projetos, apoiados pelas leis de incentivo à cultura, são aplicados em escolas da rede pública, parques, praças públicas, hospitais, transportes coletivos e outros.

Sobre o autor

Laé de Souza é cronista, dramaturgo, produtor cultural, bacharel em Direito e Administração de Empresas, autor de vários projetos de incentivo à leitura e de livros infantis, juvenis e adultos, entre eles: “Acontece”, “Acredite se Quiser!”, “Quinho e o seu Cãozinho – Um cãozinho especial”, “Bia e a sua gatinha Pammy” “Nos Bastidores do Cotidiano”, “Espiando o Mundo pela Fechadura”, “Coisas de Homem & Coisas de Mulher”.

Mais Informações

contato@projetosdeleitura.com.br

www.projetosdeleitura.com.br

 Telefones: (11) 2743-9491/ 2743-8400

 Alunos de Condeúba participantes da Antologia:

Aluno

Idade

Professora

Escola

Gibson Souza 15 anos Rosângela Meira de Oliveira Colégio Municipal Alcides Cordeiro
Adenis Rocha Sousa 13 anos Andréia Pereira Flores Colégio Municipal Alcides Cordeiro






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.