Causos – No sítio de Messias

O sítio de Messias do gás é um dos lugares mais agradáveis para se ficar em Condeúba, vista privilegiada para a barragem do Champrão, brisa batendo no rosto e nesse período do ano, ainda se assiste um belíssimo espetáculo do balé das garças, que usam o local para reprodução, oriundas de todas as partes do Brasil, simplesmente fantástico.

E foi nesse local, com esse clima amistoso, que sob o comando de João B.O., Kau de Lena e Fábio Patente,  participamos de mais uma reunião. Grandes Companheiros, amigos, papo leve, onde as brincadeiras, o riso e as gozações correram soltas. Que felicidade!

A comida,  além de farofa de feijão verde, arroz tropeiro, salada feita pelo chefe de cozinha Fuçura , picanha argentina, apareceu uma carne especial, descoberta por Mauricio, “maçã do peito do boi” – O interessante dessa carne é que custa barato, R$ 8,00 o quilo e, se precisa de só um pequeno pedaço para toda a refeição, pois ela perde por pouco para o chiclete.

Porém, nada de comidas, o importante naquele momento eram as bebidas, cerveja e refrigerante à vontade, um litro de Red Label vazio na frente da casa não deixava ninguém se esquecer do dia em que Kau de Lena levou esse litro para outro encontro, escondeu de todos e só ele e Dr. Paulo podiam beber, beberam uma dose cada um e Kau escondeu o litro no mato em frente da casa, não se sabe ainda se foi o vento ou se algum animal irracional, sabe-se que quando Kau foi tomar sua segunda dose, o litro estava vazio, tinha caído com a boca da garrafa para baixo e derramado tudo. No comunismo é assim, se não divide por bem, a terra come ou bebe, por mal.

Tudo corria às mil maravilhas, mas um clima de desconforto pairava no ar e eu que nem bebo e nem estou aqui todos os dias, o que pra mim é um sofrimento, não o fato de beber, mas o de não morar aqui, não conseguia entender o que estava acontecendo. As pessoas não tiravam os olhos da estrada… e foi aí que tudo se explicou, eis que Guto dá um grito, quase igual ao de Dom Pedro I às margens do rio Ipiranga – “Lá vem ele!” – Parecia gol da seleção brasileira de futebol, todos dirigem seus olhares para a estrada, pela minha idade avançada já não enxergo muito bem, eu só conseguia ver um vulto avermelhado, mas a galera gritava, aplaudia, pulava (coisa de política) até que o vulto foi ficando mais evidente e as coisas foram clareando, vi que era Dermeval Ribeiro, mais conhecido como Ló.  Falei: Gente é Ló, só Ló. Um coro com todas as vozes me respondeu: “Só Ló? – Ló nada mais é do que o maior bar man da história do alcoolismo condeubense, ele foi treinado na PUC em São Paulo com especialização na Universidade de Sidnei da rua do areão, o cara é PHD em roscas de todos os tipos e sabores.”

Hum, entendi! – Ou não entendi zorra nenhuma. Ontem mesmo Ló era só Ló, agora é celebridade! – Como diz nosso amigo Bá: “A vida é assim.” – Em Condeúba, a vida é mais assim do que em outros lugares.

Em quanto isso, Ló, a celebridade, ia se aproximando botando os bofes pela boca, ele estava vindo do asfalto até Messias correndo, cerca de uns 150 m. Nos comícios de Guto o apresentador gritava: “Traga Guto! Traga Guto! Traga Guto!” – Naquele momento o povo gritava: “Tragam Ló! Tragam Ló! Tragam Ló!”

Quando Ló chegou, parecia que tinha chegado Neymar dos Santos, diante da quantidade de abraços.

 Kau fechou a retumbante chegada dizendo: “Ló,se você quiser, tome todo meu dinheiro, fique com tudo que é meu, basta que você coloque um buteco e passe a vender essas suas roscas. Vendo toda minha afortunada herança e gasto com suas roscas, pois elas são as melhores do mundo. Posso viver sem muita coisa nesse mundo, mas sem suas roscas nunca mais.”

“A VIDA É ASSIM!”

Fotos: Vaneelzo






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

2 Comentários

  • 7 nov 2012 | Permalink |

    A última vez que fui pauta o Ddez ainda era ” O Dez”,um tablóide em preto e branco que comentava as rodadas do futsal de Condeúba. Minha única observação é que onde se lê ”roscas”,leia-se,”caipiroscas”,pra que não fique nada mal entendido.(kkkk). Só não dá pra acompanhar kau e companhia no copo,aí já é covardia. É mais fácil preparar o produto e ver o cidadão capotar. Abraço á galera do bem!!!

  • 10 nov 2012 | Permalink |

    GRANDE LÓ, O HOMEM TÁ CORRENDO MAIS QUE USAIN BOLT, NA FOTO DÁ CHEGADA PERCEBE-SE A RESPIRAÇÃO SOFRIDA DO MEU AMIGO,RSRSRSRSRS. COMO EU POSSO TER PERDIDO ESSE ACONTECIMENTO.
    LÓ JÁ HAVIA ME CONTADO, MAS NÃO COM ESSES DETALHES TODOS, SE BEM QUE DEZ FAZ SEMPRE O ARRODEIO. SORRI DEMAIS.RSRSRSRSRSR

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.