Luiz Viana vence eleições da OAB-BA

O candidato da chapa Mais OAB,Luiz Viana Queiroz, venceu, nesta quinta-feira (22/11), as eleições para a Presidência da seccional baiana da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-BA).

A chapa Mais OAB, do candidato Luiz Viana Queiroz, obteve 5.923 votos (44,13%).

Em segundo lugar, a chapa Ação e Ética, encabeçada por Antônio Menezes, teve 5.486 votos (40,87%), enquanto a Dignidade e Juventude, comandada por Maurício Góes e Góes, ficou com 1.576 votos (11,74%).

348 votos (2,59%) foram anulados, e 89 (0,66%) ficaram em branco.

Quem é 

Na OAB, Luiz Viana foi conselheiro federal pela Bahia de 2007 a 2009, quando integrou a Comissão Nacional de Estudos Constitucionais.

Reeleito como conselheiro federal para o biênio 2010-2012, Luiz Viana é presidente da Comissão Especial de Direito Eleitoral e Reforma Política.

O que prometeu

Durante a campanha, Luiz Viana prometeu uma Ordem mais atuante, mais combativa na defesa das prerrogativas dos advogados e mais comunicativa.

Segundo ele, em sua gestão a Ordem adotará uma postura mais firme da na defesa das prerrogativas e mais combativa no enfrentamento das autoridades abusivas, ineficientes ou corruptas. “Advogado que enfrentar autoridade não vai ter a carteira cassada, advogado que enfrentar autoridade vai ter aplauso da OAB”, afirmou.

Destacou, também, a necessidade de “um enfrentamento jurídico, como desdobramento ao enfrentamento político da direção da OAB”. Para tanto, propôs profissionalizar a defesa das prerrogativas com a criação da Procuradoria de Defesa das Prerrogativas e de uma Comissão no Fórum em cada grande fórum da capital e do interior.

Entre as propostas para os advogados do interior, Luiz Viana prometeu sedes dignas e mais autonomia financeira para as subseccionais. “Vamos implantar o repasse automático de recursos para as subseccionais, com critérios objetivos a serem definidos, que podem ser o número de advogados de cada subseccional ou o tamanho da área geográfica que ela atua”, revelou.

Viana prometeu ainda uma OAB mais comunicativa, democrática e transparente, com uso intensivo de tecnologia para dialogar com os advogados e envolvê-los nas tomadas de decisão.

“Vamos conectar todos os advogados, através dos meios disponíveis com as novas tecnologias, para construir uma OAB mais comunicativa e para implementar uma verdadeira democracia participativa na Ordem. Nós vamos ter transparência total on-line, diária e em linguagem acessível, para que os advogados saibam quanto a OAB tem em caixa e possam decidir sobre suas prioridades”.

Fonte: Tribuna da Bahia






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.