Rodovias do Sudoeste, Serra Geral e Médio São Francisco serão pavimentadas

O deputado federal Waldenor Pereira destacou no plenário da Câmara, ontem (22), a abertura de licitações para pavimentar importantes rodovias das regiões Sudoeste, Serra Geral e Médio São Francisco na Bahia, a ser autorizada pelo governador Jaques Wagner, no próximo dia 28 de novembro.

Waldenor comemorou com os municípios contemplados e parabenizou o governo da Bahia por estas importantes ações em infraestrutura.

“Estamos comemorando essa importante iniciativa do nosso governo, que decide pelo investimento de 100 milhões de reais, atendendo a essas três regiões, a esses vários municípios do nosso estado. A maioria deles, até então, não contavam com a pavimentação asfáltica para acesso às suas sedes municipais. Eu e o deputado Zé Raimundo agradecemos ao governador pelo atendimento às nossas demandas”, disse o deputado.

Serão pavimentadas a BA-148, entre Guajeru a Malhada de Pedras; a BA-262 (entroncamento), que liga Vila Mariana, Maetinga e Jânio Quadros; a BA-026, trecho entre Malhada de Pedras e Rio do Antônio; a BA-634, interligando Itambé a Ribeirão do Largo; BA-263, conectando Sebastão Laranjeiras e Palmas de Monte Alto; a BA-670, entre Itororó e Potiraguá e a BA-270, trecho entre Itarantim e Potiraguá.

Fonte: www.waldenor.com.br






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • 26 nov 2012 | Permalink |

    parabens aos deputados citados pelo impenho e dedicação pela regiao, mas sr. dep Waldenor Pereira seu pai de Condeuba e o sr de Cacule assim sempre declarou em seus pronunciamentos de palanque sera que este asfalto nunca sairá ?

    esperançosos e confiantes nós que somos conterraneos estamos ficando um pouco decepcionados por não ver na lista de pavimentações esta ligãção intermunicipal.

    Todos precisam é claro mas, está quase intransitável este percurso.

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.