Assaltos a bancos: Comandante da PM reconhece que corporação da polícia no interior é ‘insuficiente’ para garantir a proteção

O ano de 2012 na Bahia foi marcado por centenas de assaltos a agências bancárias, principalmente no interior e em várias cidades da região Sudoeste, a exemplo de Condeúba, Tremedal, Encruzilhada, Barra do Choça, dentre tantas outras.

Em entrevista ao jornal Correio da Bahia, o   coronel Antônio Ferreira Fontes, comandante do Policiamento Especializado da Polícia Militar, reconhece que o efetivo atual da corporação no interior do estado é insuficiente para garantir a proteção da população, mas pontua que os bancos não têm interesse de reforçar a segurança.

“Os bancos alegam que para colocar à disposição uma quantia menor de dinheiro terão que reabastecer mais vezes e isso tem um custo pra eles. O gerente tem acesso ao dinheiro do cofre de meia em meia hora. É por isso que os bandidos estão fazendo refém o gerente na porta de casa”, declara o coronel.

Segundo Fontes, a PM trabalha desenvolvendo operações diárias, que são intensificadas entre os dia 25 e o dia 10 de todo mês.

Já o coordenador do Grupo de Apoio ao Combate a Crimes contra Instituições Financeiras (Gacif) da Polícia Civil, delegado Daniel Pinheiro, disse que, no início do ano que vem, o grupo será estendido para cidades como Jacobina, Seabra, Barreiras, Vitória da Conquista, Itabuna e Feira de Santana. De acordo com ele, o Gacif já prendeu 86 integrantes de quadrilhas de assaltantes de bancos; outros 31 foram mortos em confronto; 11 bandos desarticulados, além de apreendidas 484 unidades de explosivos e 74 armas.

Fonte: Blog da Resenha Geral






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.