MAIS DO MESMO – Barragem do Condeúba

Ano passado fizemos uma reportagem sobre as condições degradantes e preocupantes em que se encontrava nossa barragem, que nos últimos anos se tornou terra de ninguém.

Degradantes por conta do desleixo do governo federal com nossas barragens, quando FHC resolveu acabar com o antigo DNOCS (Departamento Nacional de Obras Contra a Seca), com a chegada de Lula ao governo, ele reativou o departamento, mas com restrições, nossa barragem por exemplo é administrada por um braço do DNCOS que fica pros lados de Livramento do Brumado-BA.

Os mais antigos se lembram de quando tínhamos famílias residentes naquelas casas perto da banca, famílias de empregados do DNCOS em nossa cidade, eram famílias que cuidavam da nossa barragem.

Com o descaso e a falta de fiscalização, os donos dos lotes que ficam às margens da barragem, acabam por ter um comportamento destrutivo, criando gado, dando água aos animais sem nenhuma higiene, o que suja nossas águas ainda mais e usando a água sem nenhum controle.

Preocupantes porque o nível da água nunca esteve tão baixo, a falta de chuvas nos últimos dias tem feito os pescadores coçarem a cabeça e dizerem: “Se Deus não mandar água em março ou abril, teremos vida difícil este ano.

Nas fotos tiradas por nosso amigo João Gulberto(Glamur),   mostram detalhes do açude que nunca foram vistos, porque viviam submersos pelas águas, agora já aparecem  claramente.

Dois são os motivos cruciais para as preocupações: o assoreamento e a retirada de água para cidades vizinhas. Hoje além de Condeúba e Cordeiros, que possuem água encanada da barragem, fornecemos água para: Piripá, Jânio Quadros, Guajeru e toda a zona rural do nosso município.

Em conversa com o nosso Prefeito Guto, ele nos passou que apesar do pouco tempo em que se encontra à frente do município e mesmo sendo o açude de inteira responsabilidade de um órgão federal (DNCOS), ele não vai esperar o açude secar para reclamar. Percebeu a gravidade do assunto e já está cuidando do caso com a atenção que ele merece. Em reunião com Dr. Josafá Marinho de Aguiar, Coordenador Estadual do DNOCS, jurista do Município de Presidente Jânio Quadros (BA), foram acertadas medidas para regulamentação e ordenação do açude, onde a Prefeitura fará parceria com o DNOCS, administrando juntos aquele espaço.

O caso é urgente e se não juntarmos governos municipal, estadual e federal, com os moradores da cidade e comunidades circunvizinhas, poderemos em breve ter problemas no abastecimento d’água. Temos conhecimento de que carros pipas são vendidos por até R$ 100,00 na zona rural, essa água é retirada da barragem sem nenhum controle.

É necessário que todos continuem tendo acesso á água, mas é urgente a organização e o controle, para que nosso bem maior não seja banalizado.

Águas escuras dos rios
Que levam
A fertilidade ao sertão
Águas que banham aldeias
E matam a sede da população…






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

9 Comentários

  • 3 mar 2013 | Permalink |

    A coisa tá feia mesmo, vi com meus próprios olhos. Ainda bem q Guto não se comportou como os seus antecessores, q passavam a bola pro federal. Tomara q tudo dê certo e não soframos com a falta de agua.

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • GIL
    4 mar 2013 | Permalink |

    INFELIZMENTE UMA MATERIA DESSA NÃO SERVE PARA A POPULAÇÃO SE CONCIENTIZAR,ELES SÓ VÃO CAIR NA REAL QUANDO ABRIREM A TORNEIRA E NÃO CAIR UMA GOTA DÁGUA…ANO PASSADO EU ESTIVE LÁ AS MARGENS DESSA BARRAGEN,POSTEI UMAS FOTOS NO MEU FACEBOOK PRA CHAMAR A ATENÇÃO DO PESSOAL MAS ACHO QUE ELES NEM “TCHUM“.POIS CONTINUO VENDO GENTE VARRENDO A CALÇADA COM A MANGUEIRA DE AGUA.SITUAÇÃO LAMENTAVEL.
    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 4 mar 2013 | Permalink |

    OLÁ, LEITORES DO DDEZ E ESCRITOR DO ARTIGO! ESSA SITUAÇÃO QUE ACONTECE NA VERDADE É O DESFECHO TRÁGICO DE COMO OS MEIOS NATURAIS FORAM UTILIZADOS AO LONGO DOS ANOS. A SITUAÇÃO A SER RESOLVIDA NÃO É APENAS NO LAGO DA BARRAGEM NÃO. É NECESSÁRIO QUE ALGO SEJA FEITO PARA REVITALIZAÇÃO DAS MARGENS DOS RIOS QUE ABASTECEM A BARRAGEM, CASO CONTRÁRIO DE ONDE VIRÁ A ÁGUA PARA ENCHÊ-LA??
    OUTRO FATOR PREPONDERANTE É QUE A ÁGUA DA BARRAGEM DE CONDEÚBA VIROU NEGÓCIO, QUEM PODE COMPRAR UM CARRO PIPA “ESTÁ ANIMADO COM A SECA” ASSIM TERÁ LUCROS COM UM BEM NATURAL QUE É DE TODOS MAS NEM TODOS TÊM ACESSO.
    A REALIDADE É PREOCUPANTE E CARECE DE UMA ATENÇÃO MAIOR DOS ÓRGÕS RESPONSÁVEIS, CASO CONTRÁRIO NOS PRÓXIMOS ANOS NEM CONDEÚBA, NEM NINGUÉM MAIS TERÁ ÁGUA. ELA QUE É FUNDAMENTAL PARA TODO SER VIVO.
    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 4 mar 2013 | Permalink |

    COMO SE NÃO BASTASSE O DESPERDÍCIO, A PRÓPRIA EMBASA NÃO FAZ NENHUM REPARO NOS CANOS DE FERRO QUE DISTRIBUEM A ÁGUA ATÉ A RUA, POIS ENQUANTO EU DIGITO ESSA MENSAGEM, MUUUITOS LITROS D´ÁGUA SÃO DESPERDIÇADOS NAQUELE LOCAL. SE LIGA DONA “EMBASSA”!

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 5 mar 2013 | Permalink |

    Parabéns ao site por se preocupar conosco e obrigado. falta em nossa cidade quem reclame, quem lute e vejo nesse site esse tipo de gente, q não se acomoda com seus rico dinheiro. Na hora da falta de agua, o rico vai comprar dseja de onde for e nós vamos ficar na sucura. Embasa, dnocs, prefeitura, comunidade. Todos somos responsaveis ou pra fazer ou para cobrar de quem deve fazer.
    Beijos Décio, muito sucesso.
    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 5 mar 2013 | Permalink |

    Na verdade o problema de nossa Barragem, está relacionado a um conjunto de fatores, dos quais, alguns já foram citado acima, Sendo o maior deles, Políticas Públicas regional, que vem sendo mal gerenciado desde um dos governo do Prefeito Marcolino Neto e do Prefeito Codeirense Djalma, que se uniram para a construção da adutora Condeúba-Cordeiro, uma obra mal planejada, que fatalmente nos traria aonde chegamos hoje, o mais interessante é que muita gente de nossa cidade chegou a questinar na época, não que nossos vizinhos Cordeirense não merecesse, Pelo contrário, meresse muito mais, como por exemplo, um reservátorio para seu próprio Município. Essa foi uma obra que teve como grande beneficiada,a EMBASA, uma empresa que nunca teve gasto, com nenhum tipo de infraestrutura regional, em relação a capitação e armazenamento de água, mas, sempre comercialisou essa água do jeito que sempre quis, e cobrando uma taixa tributária, como em nenhum lugar do Mundo, para efeito de comparação a taixa mínima hoje ´para 10 m³ é R$ 15,60; caso um consumidor gaste 14m³ , quatro a mais do que a taixa mínima, irá pagar R$ 31,64; isso corresponde a um acréssimo por apenas esse 4m³, a um valor de R$ 16,04, o que equivale a 156,41% de tributação. No mais, tire suas próprias conclusões.
    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 5 mar 2013 | Permalink |

    acorda população!!!! acorda enquanto a tempo.
    vamos fazer o controle interno( em nossas casas) e externo(cordeiros , Guajerú, pres-janio quadros,piripá, carros pipas, tambor, camburão,garrafas pete..vamos se mobilizar,bote a boca no trombone EU CANSO DE FALAR É ISSO, ACORDA GENTE?????

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 6 mar 2013 | Permalink |

    A situação de seca na nossa região é realmente muito preocupante, nosso prefeito tem que tomar uma providência urgente!
    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 11 mar 2013 | Permalink |

    Muito preocupante,que a populaçao concientize no uso abusivo,e que essa empresa de água tome alguma providencia,pq a muito tempo essa embasa ta jogado as moscas.
    Que venha chuva!!!!!

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.