Chorão, do Charlie Brown Jr., morre em São Paulo

O vocalista Alexandre Magno Abrão, o Chorão, da banda Charlie Broen Jr., morreu na madrugada desta quarta-feira em seu apartamento, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Apaixonado pelo skate, Chorão tinha 42 anos e foi encontrado desacordado por seu motorista, segundo informações da assessoria de imprensa da banda.

A causa da morte ainda é desconhecida. A polícia foi chamada ao apartamento para fazer o trabalho de perícia. Chorão era o líder do Charlie Brown Jr., grupo fundado na década de 1990 em Santos (SP). Nascido na capital paulista, ele tinha nove álbuns de estúdio gravados, entre eles Transpiração Contínua Prolongada (1997), o maior sucesso comercial da banda, Nadando com os Tubarões (2000) e Camisa 10 (Joga Bola até na Chuva), que ganhou o Grammy Latino em 2009.

As canções mais conhecidas do Charli Brown Jr. são Te Levar, que de 1999 a 2006 foi tema do seriado Malhação, da Globo, e Zóio de Lula (Meu escritório é na praia / eu estou sempre na área / mas eu não sou daquela laia não). Além da música, Chorão se dedicou ao cinema: foi roteirista e ator do filme O Magnata (2007), dirigido por Johnny Araújo e com Paulo Vilhena, Maria Luisa Mendonça e Chico Diaz no elenco.

Fonte: veja.abril.com.br






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

2 Comentários

  • 7 mar 2013 | Permalink |

    Sem duvidas, um grande letrista, um dos maiores representantes da nova geração do Rock brasileiro, senao o maior, q deixou um grande legado para nós amantes do rock, assim como Raul, Cazuza e Renato, Cássia.
    Salve Charlie Brown Jr!! Salve Chorão!!!
    Tamo ai na ATIVIDADE…

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

  • 8 mar 2013 | Permalink |

    A perda é lamentável, más a forma como ela aconteceu é mais lamentável ainda. Eu penso que a partir da fama e da exposição, os artistas passam a ser referência, no caso dele em especial, pois tinha um público mais jovem. O envolvimento com drogas com certeza não foi, não é e nunca será referêcia positiva à nenhum jovem ou adolescente. Não curtia e nem acompanhava suas músicas, prefiro outros estilos. Más respeito. Que ele receba das mãos de Deus o lugar que merecer. É assim que eu penso.

    “O comentário não representa a opinião do site, a responsabilidade é do autor da mensagem”

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.