Só 41 cidades baianas terão médicos de programa federal

Ministro Alexandre PadilhaDos 317 municípios baianos que aderiram ao programa Mais Médicos, do Governo Federal, apenas 41 tiveram profissionais selecionados, o que representa 12,9% do total. Os dados foram divulgados nesta terça-feira, 5, pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante apresentação do balanço nacional dos primeiros 15 dias do programa. Em todo o País, 938 médicos confirmaram participação no programa, atendendo 404 cidades. Este número equivale a 6% da demanda dos 3.511 municípios que aderiram ao programa, que apontaram a necessidade de 15.460 médicos para completar quadros na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS). Apesar da baixa quantidade de municípios beneficiadas, a Bahia foi o segundo estado que mais teve profissionais selecionados (85), atrás apenas do Ceará, que teve 91 médicos que confirmaram participação no programa. O número de médicos selecionados para o estado, no entanto, supre apenas 6,15% do total de vagas solicitadas pelos municípios (1.382). Os profissionais selecionados começam a trabalhar no próximo dia 1º de setembro. Segundo ele, mais de 4 milhões de pessoas serão beneficiadas com a primeira convocação de médicos. Padilha afirmou que os números surpreenderam positivamente o ministério. "Esse é apenas o início do programa, o processo continua aberto e usaremos de todas as estratégias para suprir a demanda", afirmou ele. Estrangeiros - Segundo o ministro, o primeiro mês de seleção evidenciou que há carência de médicos no país e voltou a defender a contratação de profissionais formados no exterior. "Vamos continuar o processo de convocação de brasileiros e de divulgação aos estrangeiros. Ficou evidente que só a oferta de brasileiros será insuficiente para preencher a demanda no interior e nas periferias das grandes cidades", enfatizou. Segundo Padilha, 1.920 médicos de 61 países se inscreveram e só agora, após a seleção dos brasileiros, poderão ser chamados. O ministro destacou que a prioridade na seleção é dos profissionais formados no Brasil. Os médicos estrangeiros têm até amanhã para selecionar os municípios com vagas e apresentar os documentos exigidos. Também neste prazo, os médicos brasileiros que já selecionaram um município têm uma nova chance para homologar sua participação no programa.
Quem vai receber
Municípios Andorinha, Angical, Bom Jesus da Lapa, Camaçari, Camamu, Casa Nova, Conde, Dias D’Ávila, Entre Rios, Esplanada, Feira de Santana, Filadélfia, Gongogi, Heliópolis, Ibititá, Itaparica, Juazeiro, Jussara, Lençóis, Madre Deus, Monte Santo, Nova Canaã, Novo Triunfo, Paratinga, Pedrão, Piatã, Pindobaçu, Poções, Presidente Jânio Quadros, Salvador, Santa Bárbara, São Gabriel, São José da Vitória, Sátiro Dias, Saubara, Simões Filho, Sobradinho, Tapiramutá, Ubaíra, Vitória da Conquista, Wanderley. Fonte: Atarde
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.