Municípios de Condeúba e Cordeiros recebem pá-carregadeira

13922705O Governo Federal apresentou, nesta segunda-feira (12), o Plano Safra Semiárido destinado à Bahia. O anúncio foi feito em Salvador, capital do estado, e vai beneficiar mais de 2,7 milhões de pessoas que vivem na área rural do semiárido baiano. São previstos, de acordo com o histórico de contratação de crédito rural dos agricultores familiares do estado, R$ 1,2 bilhão, por meio do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), além de recursos para outros programas que incentivem a produção local.

O secretário da Agricultura Familiar, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA), Valter Bianchini, representando o ministro Pepe Vargas, fez o anúncio do plano e citou a importância do estado para a região nordeste. “A Bahia, é o estado com mais produtores, no Nordeste. São 660 mil agricultores familiares. As políticas que dão certo aqui têm uma grande repercussão nos outros estados da região. A Bahia tem muito peso para nossa política para o semiárido”, afirmou.

entrega pa-carregadora

Bianchini ressaltou a necessidade de melhorar o convívio dos produtores baianos com o semiárido e o impulso que a região pode dar na segurança alimentar do país. “É um conjunto de políticas com o objetivo de avançar na convivência com a seca e tornar o semiárido um espaço de produção de alimentos com impacto em todo o Brasil”, assegurou.

Guto e Wagner

“O foco deste plano é o pequeno produtor, incluindo mais de 600 mil agricultores familiares do estado, sem se esquecer de fortalecer também o agronegócio”, disse o governador do estado Jaques Wagner no evento.

Segundo dados de 2010, do Censo Demográfico para o Semiárido Brasileiro, do Governo Federal, 266 municípios do estado se encontram nessa região. Mais de 6,7 milhões de pessoas vivem no Semiárido baiano, em um espaço geográfico de quase 392 mil km2 de sertão. Foram reservados para o Plano Safra Semiárido R$ 7 bilhões - sendo R$ 4 bilhões destinados exclusivamente para agricultura familiar.

Os recursos disponibilizados pelo Plano são contratados por meio do Pronaf, do Governo Federal. A linha de crédito oferece taxas de juros diferenciadas para o Semiárido. Para as operações de custeio, os juros são de 1% a 3%, ao ano – nas demais regiões, os juros variam entre 1,5% a 3,5%. Já os contratos de investimento, são tabelados com juros de 1% a 1,5%, ao ano – as taxas para o resto do País ficam entre 1% e 2%. As condições especiais incentivam a produção de culturas alimentares adaptadas à realidade do Semiárido e as reservas estratégicas de alimentos para consumo animal e água para produção.

Plano Safra Bahia

A Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) anunciou, a liberação de R$ 5,5 bilhões para a agropecuária baiana, sendo R$ 1,2 bilhão especificamente para a agricultura familiar por meio do Pronaf. O Plano Safra Semiárido para o estado foi apresentado durante o lançamento do Plano Safra da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura 2013/2014 (Plano Safra Bahia), no Parque de Exposições de Salvador.

PAC 2 na Bahia

Por meio do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2 Equipamentos), 92 municípios baianos poderão melhorar as estradas vicinais, importantes para o escoamento de produtos da agricultura familiar, e a produção agrícola. Essa doação, com investimento de R$ 21 milhões, inclui 46 retroescavadeiras, 22 caminhões-caçamba e 24 pás-carregadeiras. A ação promete melhorar a vida de 840 mil pessoas – dessas, 152 mil são agricultores familiares.

Com essa entrega, somam-se 778 máquinas e um investimento de quase R$ 205 milhões, na Bahia. Até 2014, mais de R$ 500 milhões serão investidos em 1.777 máquinas para municípios do estado. Serão doadas retroescavadeiras, motoniveladoras, pás-carregadeiras, e caminhões pipa e caçamba.

Confira a relação dos municípios beneficiados com a entrega de retroescavadeiras:

Jiquiriçá Jitaúna Jucuruçu Jussari Laje Lajedão Madre de Deus Maraú Mascote Mata de São João Medeiros Neto Mucuri Muniz Ferreira Muritiba Mutuípe Nazaré Nilo Peçanha Nova Ibiá Nova Viçosa Pau Brasil Piraí do Norte Pojuca Prado Presidente Tancredo Neves Riachão das Neves Salinas da Margarida Santa Cruz Cabrália Santa Cruz da Vitória São Desidério São Felipe São Félix São Francisco do Conde São Gonçalo dos Campos São José da Vitória São Miguel das Matas São Sebastião do Passé Saubara Teodoro Sampaio Ubaitaba Ubatã Una Uruçuca Varzedo Vera Cruz Vereda Wanderley

Confira a relação dos municípios beneficiados com a entrega de pás- carregadeiras:

Candeal Candiba Cansanção Canudos Capela do Alto Alegre Capim Grosso Caraíbas Casa Nova Castro Alves Caturama Central Chorrocho Cicero Dantas Cipo Conceição do Coité Condeúba Contendas do Sincorá Coração de Maria Cordeiros Coronel João Sa Cravolândia Crisópolis Curaça Dom Basílio

Confira a relação dos municípios beneficiados com a entrega de caminhões- caçamba:

Manoel Vitorino Monte Santo Morro Do Chapeu Nova Soure Novo Triunfo Pedrão Pedro Alexandre Pilão Arcado Pintadas Quixabeira Remanso Riachão do Jacuípe Ribeira Do Amparo Ribeira Do Pombal Ruy Barbosa Santa Brigida Santa Teresinha Sátiro Dias Sento Se Sitio Do Quinto Uaua Uibai

Fonte: MDA - Ministério do Desenvolvimento Agrário

Fotos: Manu Dias/SecomBA e Sergio Xavier

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

4 Comentários

  • Rondy
    14 ago 2013 | Permalink |

    Parabéns Guto, sabemos q nem td é mar e rosas, e vc na verdade pegou um abacaxi enorme para descascar e isso requer TEMPO. As pessoas precisam entender q vc não pode recuperar o que se perdeu assim do nada. O q precisamos entender é o seu comprometimento em aos poucos trazer o q realmente se precisa. Uma coisa temos que por na cabeça, vc não faz milagres, vc trabalha. Outro dia escutei dizer por ai: – Fui falar com o prefeito, mas tava viajando, Quanta viagem! Precisamos parar de criar governo que sente em seu gabinete e fiquem por lá dando esmolas. Consegue as coisas quem corre atrás. Faça assim: coloque a mala debaixo dos braços e viaje msm, busque msm alternativas que melhore a vida de seu povo, isso sim é governo de compromisso.
    Se estamos nessa situação hj, vc não tem culpa, alias sabemos q vc tem soluções.
    Parabéns.

  • Silvia
    14 ago 2013 | Permalink |

    Muito bem, Rondy. Não te conheço, mas vc disse o que muitas pessoas precisavam saber.

  • cacau de dona neneca
    16 ago 2013 | Permalink |

    valeu rondy ,concordo contigo

  • Rondy
    18 ago 2013 | Permalink |

    é isso ai galera! Temos que lutar juntos, com divergências de ideias sim, quando necessário, mas com intuito semelhante: Colocar Condeúba numa posição melhor. Isso sim é política. Não é possivel que nos conformemos com as coisas do jeito que estão, mas também temos q ser criteriosos ao avaliar essa ou aquela situação. Fato é que as coisas não estão bem já há muito tempo, alias estávamos parados vendo as coisas andarem. E o atual prefeito não tem condições de tornar Condeúba uma Suíça.
    Confio q com a ajuda de toda a população msm q com criticas, criticas plausíveis, claro, aquelas que te faz analisar e tomar medidas, vai melhorar nosso meio.
    Condeúba é gigante, maravilhosa.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.