Cesol Sertão Produtivo impulsiona economia de 19 municípios do Sudoeste Baiano

O Cesol Sertão Produtivo vem desenvolvendo importantes trabalhos junto aos empreendimentos de economia solidária local. (Foto: Divulgação)

O Cesol Sertão Produtivo vem desenvolvendo importantes trabalhos junto aos empreendimentos de economia solidária local. (Foto: Divulgação)

Fruto de um contrato da Secretaria do Trabalho Emprego Renda e Esporte (Setre) com o Instituto de Desenvolvimento Sustentável Baiano – IDSB, o Cesol Sertão Produtivo, inaugurado em março de 2013, vem desenvolvendo importantes trabalhos junto aos empreendimentos de economia solidária local, oferecendo, gratuitamente, um leque de serviços variados.

Inicialmente, é feito um diagnóstico dos processos administrativos, comerciais e legais de cada empreendimento. Posteriormente, esses empreendimentos passam a receber atenção especial de uma equipe de profissionais, que realiza as ações de desenvolvimento dos produtos, melhoria da comunicação e da estrutura produtiva. Ao tempo em que dá as devidas orientações jurídicas e contábeis, além de encaminhar os produtos desses empreendimentos para a comercialização no mercado da região.

Em dezembro, técnicos do Programa Vida Melhor da Setre visitaram a região para constatar o trabalho que vem sendo realizado pelo IDSB, em especial o projeto de fortalecimento de mandiocultura, que está sendo executado na comunidade de Curral de Varas. Fruto de uma parceria do Cesol do Sertão Produtivo com a Renova Energia, através do Programa Catavento, o projeto envolve ainda quatro outras comunidades circunvizinhas: Pajeú do Josefino, Beira Rio, Vargem Comprida e Jurema dos Barbosa. Além de apoio na concepção, o Cesol Sertão Produtivo assessora o projeto com recursos próprios para qualificação do grupo produtivo; elaboração de embalagens; registros sanitários do estabelecimento; e comercialização de mais de 10 toneladas em produtos, organização: padronização dos procedimentos de produção, dentre outras atividades.

O Programa Catavento é responsável pela modernização da casa de farinha e aumento de sua capacidade; construção da unidade produtiva de derivados da mandioca; aquisição de equipamentos e o fornecimento de assistência técnica para o cultivo da mandioca pelos moradores da região. A parceria tem por objetivo de estabelecer o empreendimento, enquanto referência territorial no beneficiamento da mandioca, produzindo e fornecendo biscoitos, beijus, bolos, fécula, tapioca e farinha, para supermercados e programas governamentais, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Além de Guanambi, o Cesol Sertão Produtivo atende aos empreendimentos dos municípios de: Brumado, Caculé, Caetité, Candiba, Contendas do Sincorá, Dom Basílio, Ibiassucê, Ituaçu, Iuiú, Lagoa Real, Livramento de Nossa Senhora, Malhada de Pedras, Palmas de Monte Alto, Pindaí, Rio do Antônio, Sebastião Laranjeiras, Tanhaçu e Urandi, oferecendo microcrédito, capacitação, orientação jurídica, administrativa, contábil e financeira, além de espaço para divulgação e comercialização dos produtos. Também realiza serviços de assistência técnica; transferência de equipamentos e insumos produtivos.

Fonte: Brumado Agora

 






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.