Mequinha – Agradecimentos

mequinha-e-leo-oliveira

As coisas acontecem naturalmente na vida da gente. Todos os dias ao chegar em casa após a caminhada, a primeira tarefa que faço é procurar me informar, acessando o DDEZ e hoje não foi diferente. Ao abrir o site deparei com uma linda homenagem a mim dirigida. A emoção foi forte e não consegui lê-la imediatamente. Como sempre faço há muitos anos, neste sábado, às 05h30min fui ao Estádio Agostinho Alcântara matar a saudade dos velhos tempos. Primeiramente visitei os pés de jatobá, onde provei do fruto, depois ao rio onde tomávamos banho e posteriormente ao Estádio, onde sentei-me debaixo do pé de eucalipto e ai foi passando tudo pela minha memória como se fosse um filme. Lembrando-me dos treinos, limpeza do Estádio com enxada, dos jogos, das jogadas, dos gools, das alegrias, das emoções e da torcida.

Neste momento de reflexão além de lembrar-me de tudo isto, lembrei dos nossos amigos que se foram para outra cidade e dos que atualmente estão jogando no time celestial: Valdão, Fuscão, Zezão e Zé Cabrinha. A emoção e a saudade bateram fortes e as lágrimas caíam copiosamente pelo meu rosto.

“A gratidão é uma forma singular de reconhecimento, e o reconhecimento é uma forma sincera de gratidão”. Infelizmente, atualmente está faltando em muitas pessoas a humildade, simplicidade e honestidade.

O reconhecimento por algo que você faz durante a sua vida, levanta seu ego e dá ânimo para continuar vivendo.

Décio, hoje para mim foi todo especial, pois recebi esta homenagem tão bonita e que será editada e colocada em um quadro num lugar especial da minha residência e que ficará guardada para sempre na minha memória.

Sempre participei da comunidade condeubense colaborando com os segmentos religiosos, educacionais, esportivos e sociais, em prol do nosso povo.

Gostaria de ressaltar que também colaborei com os segmentos educacionais e esportivos durante alguns anos na cidade de Jacaraci.

A recompensa não falha, assim como o reconhecimento; e tudo isto florou agora através de um amigo tão especial que é você.

mequinha-e-wesley

Estou felicíssimo com esta homenagem e que o Grande Arquiteto do Universo o ilumine para sempre para que continue prestando serviços ao nosso povo, assim como, homenagens a outras pessoas de nossa terra.

Você mostrou que realmente é meu amigo e sabedor da minha e da nossa historia dentro do futebol.

Amo o esporte. Todos os domingos assisto aos jogos, amistosos, torneios e festivais aqui na sede e zona rural, assim como em Cordeiros. Ontem mesmo, pela manhã, estive na Comunidade Capim Grosso assistindo ao Festival de Futebol e só retornei à noite. Esta homenagem é muito importante, pois muitos jovens desconhecem a minha historia.

Amo a minha Condeúba e seu povo e jamais pensei em deixá-la. Oportunidades para sair não faltaram, como trabalhar em Caetité no INSS, Secretaria da Fazenda Estadual e jogar futebol no time da Magnesita, mas o meu amor por minha terra e seu povo bateu mais forte e aí desistir de tudo isso.

Na época de estudante na cidade de Caetité entre os anos de 1970 à 1972 jogava no melhor time de futebol da cidade chamado Estrela Esporte Clube e considerado pela crítica local como o melhor jogador da cidade. Também me destaquei como um dos melhores jogadores de futsal, defendendo inicialmente a AABB local e posteriormente o time do Independente, comandado por um professor de Química do colégio Estadual Anísio Teixeira.

Tive a privilégio de jogar em muitas cidades do interior da Bahia, assim como defender algumas delas. As cidades que tive a oportunidade de jogar foram: Cordeiros, Piripá, Tremedal, Belo Campo, Vitória da Conquista, Ninheiras, São João do Paraíso, Presidente Jânio Quadros, Guajeru, Caculé, Malhada de Pedras, Aracatu, Ibiassucê, Jacaraci, Mortugaba, Licínio de Almeida, Urandi, Caetité, Brejinho das Ametisdas, Guanambi, Igaporâ, Riacho de Santana, Bom Jesus da Lapa, Santa Maria da Vitória, Palmas de Monte Alto, Paramirim, Livramento e Rio de Contas.

mequinha-e-osni

Além de ler muito sobre esporte, tive o privilégio de assistir vários jogos de times brasileiros jogando nos Estádios do Morumbi, Pacaembu e Parque Antarctica em S. Paulo, Fonte Nova em Salvador e Mineirão em BH. Assistir também um jogo na Fonte Nova em Salvador entre a Seleção Brasileira e Uruguai. Outro acontecimento esportivo muito importante para mim aconteceu recentemente em Belo Horizonte, onde ao vivo e as cores presenciei o melhor jogador de futsal do mundo jogar: Falcão, símbolo de humildade e simplicidade.

Você sabe que temos muitas histórias interessantes dentro do esporte para contarmos. Se fôssemos contar tudo daria um livro. Jogava por amor e ainda adolescente aos domingos almoçava às 10 horas da manhã e se deslocava juntamente com Cláudio de Tiãozinho a pé para treinar ou jogar amistosamente nas Queimadas, no campo do Sr. Crispim, onde a areia dava no tornozelo. Quando o jogo era em outra comunidade íamos a pé até à Queimadas e de lá para o local do jogo o transporte era feito à cavalo.

Em Caetité eu era sempre convidado para defender seleções de cidades vizinhas e nunca exigir numerário, enquanto que outros jogadores de outras cidades, que prefiro não mencionar os nomes iam de taxi e exigiam pagamento. Eu não recebia nenhuma recompensa financeira, mas recebia um tratamento vip e uma coisa muito importante no futebol que anima a gente que era o carinho dos torcedores.

Com referencia à minha despedida foi você realmente que arquitetou tudo. Fez um trabalho lindo e digno de elogios.

Só tenho a lhe agradecer de coração e dizer-lhe que tenho a fita VHS e já estou providenciando a cópia em DVD para lhe encaminhar.

Quero estender os meus agradecimentos ao irmão e amigo Claudio Novais, assim como aos integrantes do programa da tarde esportiva da Rádio Liberdade FM 104,9 por terem proferidos palavras de carinho a minha pessoa. Também quero agradecer a todos os amigos que postaram comentários no DDEZ ao meu respeito. Um abração no coração de todos vocês.

Décio, você sabe da consideração que tenho por você e sua família. Tenho orgulho de tê-lo como amigo.

Finalizando, mas uma vez quero agradecê-lo por esta homenagem incomensurável.

Fique com Deus e um forte abraço do amigo que o estima muito.

Condeúba, 11 de fevereiro de 2014. 

MEQUINHA






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

10 Comentários

  • João Dimas Gomes Brito
    14 fev 2014 | Permalink |

    Mequinha, nessa mensagem você deixa transparecer a grande pessoa que é. Décio homenageou você por suas qualidades: como desportista (principalmente), professor, religioso… Agora com suas palavras afloram a integridade, o caráter e muitas qualidades que tens. O mundo precisa de muitas pessoas como você para melhorar. Que o nosso bom Deus o conserve por muito tempo entre nós. Sempre soube de suas qualidades e nada mais justo e merecido o reconhecimento de Décio, você merece muito mais. Abraços

  • cacau de dona neneca
    14 fev 2014 | Permalink |

    se realmente existir ”o cara” melquis é forte concorrente.

  • Thaísa Carvalho
    14 fev 2014 | Permalink |

    Parabéns Tio Meka, homem digno, honesto,trabalhador e principalmente humilde es verdadeiramente mais que merecedor desta homenagem.Sim Décio, esqueceu de dizer do lado ator do meu tio Meka.

  • Salvador J C
    14 fev 2014 | Permalink |

    Já que não tive o prazer de ver o “cabeça branca” jogar, agora fiquei curioso e pago caro pra ter uma cópia em DVD desta fita VHS. Melquis não mim decepciona, forte abraço!

  • Thatiane Carvalho
    14 fev 2014 | Permalink |

    Lembro tão bem desse dia da sua despedida…que saudade ao ver Wesley no seu colo…eu que vestii essa roupinha nele este dia…meu afilhado lindo…Tio é um privilégio ter uma pessoa especial como o senhor por perto…um bj grande.

  • Marittza Ribeiro
    14 fev 2014 | Permalink |

    Arrasou Tio!!!!
    te amo!!!

  • Célio
    14 fev 2014 | Permalink |

    Mequinha, parabéns e muito obrigado pelas trades de domingo recheadas de alegria. Sou do tempo q zaqueiro era beque, goleiro era arqueiro – no meio campo era meia cancha –
    Parabéns tb ao site, q presta um ótimo trabalho aa nossa comunidade.
    Condeúba é DEZ. DDEZ em ação.

  • silvio ribeiro fihlo
    14 fev 2014 | Permalink |

    É uma homenagem merecedora, você merece velho Meka.

  • Jose Carlos Carvalho!
    14 fev 2014 | Permalink |

    Falou com a voz da experiência e o sentimento do corão! Valeu Mequinha!

  • Marcos
    17 fev 2014 | Permalink |

    Tive o prazer ,privilégio e honra de tê-lo como professor de matemático em 1984 aí em Condeúba.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.