Vacina contra dengue pode ser disponibilizada até setembro deste ano

vacinacaoUma nova vacina para evitar a dengue poderá ficar disponível no mundo a partir de setembro deste ano. A vacina poderá imunizar os quatro tipos do vírus que causam a dengue, inclusive, a mais grave: a hemorrágica. Para ser liberada, a vacina precisa de aprovação de uma comissão escolhida pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A avaliação será realizada pelo laboratório Sanofi Pasteur. A pesquisadora baiana Glória Teixeira, médica infectologista e membro do Instituto de Saúde Coletiva da Universidade Federal da Bahia (Ufba), participará da comissão. A pesquisadora diz que a doença atigne todos os países do mundo, inclusive os mais ricos.
Outros imunizantes, segundo ela, estão sendo desenvolvidos pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em parceria com uma industria farmacêutica, o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos (NIH) e o Instituto Butantan. Mas os testes ainda estão nas fases iniciais. De acordo com o jornal Correio, a nova vacina deve ser avaliada em junho, em Lion, na França, e em setembro, em Genebra, na Suíça. De acordo com diretora de saúde pública da Sanofi, a médica Lucia Bricks, os resultados preliminares mostram a eficácia da vacina. Os resultados da fase III do teste foi realizado em mais de 31 mil pessoas, e agora, em 2014, serão avaliados a eficácia em uma população mais ampla.

Em 2011, a comissão avaliou uma versão anterior da proposta de vacina, mas que não demonstrou eficácia contra o tipo da dengue 2. Glória diz que a notícia vem em um bom momento, já que houve aumento da incidência da doença e da gravidade da dengue na última década. De 2000 a 2010, mais de 8,44 milhões de pessoas contraíram dengue no Brasil, sendo 221 mil casos graves, com mais de 3 mil mortes. Em 2010, foram registradas 80 mil internações relacionadas à dengue. Em 2010, mais de um milhão de brasileiros foram infectados, enquanto que em 2000 foram registrados 200 mil.

A infectologista diz que estudos demonstram que o mosquito da dengue tem se adaptado a todas as formas de controle. Somente neste ano de 2014, até o momento, a Bahia já registrou 2.504 casos de dengue, com redução de 91,89% dos casos comparados no mesmo período de 2013, quando cerca de 30 mil casos foram notificados. Os municípios baianos com maior índice de registros da doença são Salvador, Feira de Santana e Itabuna. Até o momento, 11 casos com sinais de alarem já foram confirmados, três casos de dengue grave e uma morte na cidade de Coaraci.

Fonte: Bahia Notícias






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.