Eduardo Campos morre em acidente aéreo em Santos

Eduardo-Campos

O candidato do PSB à Presidência, Eduardo Campos, morreu aos 49 anos em um acidente de avião por volta das 10h desta quarta-feira (13) em Santos (72 km de São Paulo). A aeronave modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, vinha do Rio de Janeiro e tinha sete pessoas a bordo. O Corpo de Bombeiros confirmou que não há sobreviventes.

De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), morreram, além de Campos, os pilotos Geraldo Cunha e Marcos Martins, o assessor de imprensa Carlos Augusto Leal Filho, o fotógrafo Alexandre Severo Gomes e Silva, o cinegrafista Marcelo Lira e ainda o ex-deputado federal Pedro Valadares Neto.

A candidata a vice, Marina Silva, não estava na aeronave. A ex-ministra do Meio Ambiente embarcaria com Campos no Rio, mas acabou viajando para São Paulo com assessores em um avião de carreira. Mais tarde, em pronunciamento à imprensa, ela se mostrou bastante emocionada e lamentou a morte do companheiro de chapa. “Durante dez meses de convivência, aprendi a respeitá-lo, a admirá-lo e a confiar em suas atitudes e ideais de vida”, afirmou. De acordo com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o PSB tem dez dias para indicar o novo candidato a presidente.

O presidenciável nasceu em 1965, na capital pernambucana de Recife, filho do poeta Maximiano Campos e da atual ministra do Tribunal de Contas da União, Ana Arraes. Passou no vestibular de Economia da Universidade Federal de Pernambuco aos 16 anos de idade, e se formou aos 20.

Campos começou a vida política ainda como estudante universitário, no Diretório Acadêmico da UFPE, e se filiou ao Partido Socialista Brasileiro em 1990. No mesmo ano foi eleito deputado estadual. Apenas quatro anos depois foi eleito deputado federal.

Em 2004 assumiu o Ministério da Ciência e Tecnologia a convite do presidente Lula, sendo o mais jovem entre os ministro nomeados. Em 2005 assumiu a presidência nacional do PSB, e em 2011 foi reeleito presidente do partido, com mandato até 2014. Era candidato à presidência com Marina Silva como vice.

Fonte: Jovem Pan






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.