Justiça suspende aplicativo Secret em todo Brasil

Secret-logo

A 5ª Vara Civil de Vitória, no Espírito Santo deferiu na tarde desta terça-feira (19), o pedido do Ministério Público do Estado para que o aplicativo Secret seja removido das lojas virtuais que o disponibilizam. Assim que os responsáveis pelo programa forem notificados, o Secret será removido remotamente de smartphones em que estava instalado. As empresas Apple e Google devem cumprir a medida no prazo de 10 dias, sob multa diária de R$ 20 mil caso não cumpram. A decisão se estende também para a Microsoft, que lançou um aplicativo similiar, o Cryptic. A ação do MP argumenta que o Secret infringe pelo menos dois fundamentos da Constituição Federal: o que assegura a livre manifestação do pensamento, mas que veda o anonimato e o de que a intimidade, a vida privada, a honra e a imagem das pessoas são invioláveis, e que a violação desses direitos gera indenização pelo dano material ou moral.

Fonte: Bahia Notícias






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.