Eleições 2014: Lei da Ficha Limpa indefere duas candidaturas e recorre contra cinco

FICHA LIMPA Ao atender parecer da Procuradoria Regional Eleitoral na Bahia (PRE/BA), a Justiça Eleitoral indeferiu, na última terça-feira, 9 de setembro, o registro da candidatura a deputado estadual de Osmar Rodrigues Torres. A Justiça já havia indeferido o registro de Herzem Gusmão Pereira em 26 de agosto. A PRE ainda apresentou recurso contra o deferimento das candidaturas a deputado estadual de Adolfo Menezes, Carlos Augusto Rodrigues (Ninha) e Robério Olivera, e a deputado federal de Joseph Bandeira e Geraldo Simões. Torres teve suas contas reprovadas pelo Tribunal de Contas da União (TCU), referente ao período em que foi prefeito do Município de Central/BA. A decisão doTribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE/BA) esclarece que o TCU tornou o candidato inelegível por oito anos, a contar da última tomada de contas, ocorrida em 2011. Gusmão, também candidato a deputado estadual, havia sido condenado por uso indevido de meio de comunicação nas eleições de 2012, tornando-se, assim, inelegível por oito anos, em decisão colegiada proferida pelo TRE. Confira mais no site do PRE/BA. Fonte: Blog do Anderson
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.