Depressão, uma visão holística, o aprendizado, autoconhecimento e transformação para uma vida mais feliz

Por: Rubens Nascimento

fe no futuro“A calma e a resignação, hauridas na maneira de encarar a vida terrestre na fé e no futuro, dão ao espírito uma serenidade que é o melhor preservativo contra a loucura e o suicídio.” (O Evangelho Segundo o Espiritismo – Allan Kardec)

Grandes estudiosos psicólogos, psiquiatras, a ciência em geral busca uma explicação para a Depressão. Segundo um estudo divulgado, em Portugal a maioria das depressões mais graves tem como desfecho o suicídio como uma suposta saída para se livrar da dor.

Segundo Kardec, o espiritismo é a ciência que vem revelar aos homens, através de provas irrecusáveis, a existência e a natureza do mundo espiritual e sua relação com o mundo corporal.

A depressão é um problema de todos nós, não há palavras suficientes para descrever a dor que se sente quando está sofrendo uma depressão. Ela se manifesta lentamente, o pessimismo, a tristeza, agonia, desesperança são os sentimentos que predominam no pensamento.

Dúvidas quanto ao futuro, só quem passa sabe o que é estar se sentindo vazio, ferido, sem amor próprio. Como podemos manifestar o amor ao próximo se nos mesmos não conseguimos nos amar?

Durante um ano convivi diariamente com um sentimento estranho dentro de mim, que chegou lentamente e tomou conta do meu ser. Quando eu percebi lágrimas marcavam o meu dia, o pânico, o medo de não ser compreendido por outras pessoas. Inicio este breve relato com uma frase utilizada pelo nosso querido Wanderley Oliveira “ Devemos sempre nos tratar com muito carinho.” Posso afirmar sem exageros que tirei preciosas lições de todo esse período e hoje estarei conversando com você um pouco sobre esse problema.

Muitas vezes, sem perceber cultivamos relações tóxicas com outras pessoas e essas refletem no nosso corpo. Não é somente o mal que o outro nos deseja, mas o mais difícil entender é que permitimos que este adentrasse no território do nosso coração e convencesse-nos de que não somos capazes. Quantas pessoas não gostariam de estar em seu lugar nesse momento?
As chakras coronárias, cardíacas e básicas envolvem pessoas em vidas que se amarram por muito amor, ou muito rancor. Mas o relacionamento não teve seu ciclo encerrado de modo pacífico e as pessoas continuam envolvidas, sofrendo as conseqüências dessa relação tóxica.

Contudo, também podemos cultivar os cordões luminosos, um sorriso, um abraço, um conselho. Existem muitas pessoas passando por uma depressão por falta de amor, carinho, compreensão.

Em muitos olhares e sorrisos falsos são envolvidos em relações que o retiram de sua essência. Ser espírita não é só ir a todos os encontros no centro espírita. É viver a caridade, a doação próximo incondicional,a fraternidade.

Em momentos de dor, a fraqueza pode tentar nos derrubar, somos seres imperfeitos que se não basearmos em nossa fé, podemos trilhar um caminho sem volta, buscando no suicídio a saída para a dor sentida.

Depressão antes de tudo é uma alerta do seu coração, da sua alma, que este momento você necessita de uma pausa para o autoconhecimento. Tirar da dor, uma lição. Mesmo em lágrimas, coração apertado, lutar pela vida, pela paz.

Não adianta nada apresentarmos como espíritas e continuemos velhos hábitos como o perfeccionismo, a busca sempre da razão, a falta de tempo para abraçar a dor alheia que nos é apresentada e espera atenção e cuidado.

Que Deus abençoe nosso caminho nessa estrada da vida. Que os valores, a alegria, a esperança prevaleçam em nossos corações mesmo diante das maiores adversidades. Costumo usar uma frase com freqüência, tenho uma grande empresa que diariamente luto para que ela não vá à falência, a minha vida. Ter a certeza de que não estamos sozinhos na caminhada! Que a depressão não é sinal de fraqueza, e sim de você já sofreu demais e precisa redescobrir o amor por você mesmo e descobrir o sentido da sua vida e o que se pode realizar para também melhorar a vida dos que estão ao seu lado. Um grande abraço fraterno, muita paz!






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.