Segundo pesquisadores, anticoncepcional masculino deve começar a ser vendido em 2017

AnticoncepcionalVasalgelParsemusFoudation A responsabilidade de administrar a pílula anticoncepcional para evitar uma gravidez indesejada pode passar a ser dividida em 2017. Segundo matéria publicada pelo jornal Extra, a Parsemus Foudation, organização não governamental norte-americana que investe na produção do anticoncepcional masculino Vasalgel, informou que o remédio deve chegar ao remédio em 2017. A fabricante já está na segunda fase de testes com babuínos e, até agora, os machos que utilizaram o produto cruzaram com algo em torno de 15 fêmeas e não engravidaram nenhuma delas. Diferente da pílula feminina, ele não é utilizado em doses diárias, mas apenas em uma aplicação que funciona por um longo período. O medicamento em gel não envolve tratamento hormonal e pode ser revertido. Após estes testes, os babuínos serão acompanhados para garantir que o efeito do remédio seja revertido e eles possam voltar a fertilizar. Os testes com coelhos foram bem sucedidos, no entanto, a próxima etapa prevê experiências com humanos. Estes estão previstas para o ano que vem. O Vasalgel é um anticoncepcional masculino que não tem hormônios em sua fórmula e funciona de modo similar à vasectomia. O gel contraceptivo com polímeros é injetado nos vasos deferentes, que transportam o esperma na ejaculação, impedindo a fecundação. Fonte: IBahia
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.