Empresários querem o horário de verão na Bahia

horario_de_verao

Os presidentes das Federações da Agricultura, do comércio e das Indústrias do Estado da Bahia solicitaram ao governador da Bahia, Jaques Wagner, por meio de carta, que o estado se adapte ao Horário Brasileiro de Verão, que entrará em vigor a partir do dia 19 de outubro.

“Como a oitava principal economia do país, a Bahia está mais interligada às economias do Sul e do Sudeste que às da Região Nordeste. O fato preocupa os setores produtivos, tendo em vista que a não adesão da Bahia ocasionará impactos à nossa economia, bem como à segurança da população e à segurança operacional do sistema elétrico brasileiro”, diz trecho da carta.

Os empresários afirmam que se baseiam na sincronia econômica, segurança, turismo e lazer, comércio e serviços e segurança energética.
O documentos leva assinaturas do presidente da Faeb, João Martins da Silva Júnior, Presidente da Fecomércio, Carlos de Souza Andrade, e também do presidente da Fieb, Carlos Gilberto Farias.

Em 2002, 2003, 2010, 2012 e 2013 a Bahia ficou fora da alteração. Mas no horário de verão de 2011-2012, a Bahia foi o único estado da região Nordeste que adotou a medida, e, segundo o governo do estado, a maior parte da população reagiu mal.

Instituído no Brasil em 1931, o horário de verão tem o objetivo de proporcionar maior aproveitamento da luz natural, para reduzir o consumo de energia entre as 18 e as 20 horas. O governador ainda não se manifestou sobre o caso.

Fonte: Bocão News






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.