Centro de capacitação beneficia cinco mil agricultores do semiárido baiano

governador cetea 01

Fotos: Manu Dias/GOVBA

Produtores de agricultura familiar de 15 municípios da região sudoeste da Bahia contam com um espaço de capacitação e beneficiamento da produção. Apoiado diretamente pelo Estado, por meio da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR), órgão da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR), o Centro de Treinamento e Educação Ambiental (CTEA) do município de Condeúba já atende e beneficia mais de cinco mil famílias que vivem da agricultura e dos produtos derivados da colheita.

Como mais um incentivo aos agricultores, o governador Rui Costa visitou e conheceu as instalações da unidade na última quarta-feira (22) e entregou 35 barracas para que os produtores possam comercializar a produção na feira da cidade. Segundo Rui Costa, o objetivo do Governo do Estado é investir no pequeno produtor e fortalecer a agricultura familiar, para que ela possa ser um modo de vida lucrativo para o morador do campo.

“É cada vez mais comum ver produtos de cooperativas nas prateleiras de grandes mercados, disputando espaço com grandes marcas, numa verticalização da produção. E esse é o nosso objetivo com os investimentos no semiárido baiano: estabelecer um alto padrão de qualidade da produção e garantir a comercialização e distribuição do que é produzido”, disse o governador.

governador cetea 02

Rede Gavião

O CTEA faz parte da Rede Gavião, formada por sete cooperativas, 40 associações comunitárias e 30 pequenas agroindústrias comunitárias, atingindo cerca de mil cooperados. De acordo com o presidente da Rede, Gilberto Neri, a ideia é qualificar e formar os produtores com novas tecnologias e investir também na capacitação dos filhos desses produtores.

“A intenção é fazer as iniciativas se multiplicarem, fortalecendo o cooperativismo através de técnicas que podem ser implantadas na região, como os quintais produtivos, as hortas, as áreas de cana, as áreas de galinha caipira, tudo o que envolve agricultura familiar. Sem esquecer de investir, especialmente, nos jovens, para que eles possam amanhã garantir o futuro e a manutenção da agricultura familiar”, explicou Neri.

governador cetea 03

Referência

De acordo com o diretor da CAR, Wilson Dias, o CTEA funciona como uma referência, prestando assistência técnica aos cooperados e melhorando a gestão das cooperativas. “Estamos aqui para fomentar um conjunto de ações estratégicas para verticalizar a produção, que já atende ao ambiente institucional, através das merendas escolares, e agora vai para a prateleira dos grandes mercados e padarias. Isso através da dinamização desse tipo de empreendimento, fidelizando o produtor às cooperativas para que elas possam entregar seus produtos com qualidade e regularidade”.

Entre os principais produtos da região estão o biscoito avoador, mel, açúcar mascavo, cachaça, café, cacau e derivados do cacau, como o chocolate, além de diferentes variações de sucos e doces de frutas cultivadas na região, como umbu, maracujá e goiaba. É grande também a produção de hortaliças, o que garante a diversidade do mercado do sudoeste baiano.

Mais benefícios

Na ocasião, Rui Costa ainda assinou duas ordens de serviço para implantação e licitação de sistemas simplificados de abastecimento de água para as comunidades de Badoqueira, Baixão, Pé de Morro, Passagem Funda, Salinas de Itumerim e Salinas do Boqueirão. Com investimento de R$ 900 mil, os sistemas vão beneficiar cerca de 400 pessoas.

Fonte: Secom / GOV BA






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.