Sérgio Silva – Desabafo

sombra perfil

Hoje percebi que sou o que vem, o que vai,
sou apenas um, um a mais…
Na fantasia, no mundo e na vida.
Tenho sentimentos comuns,
um coração sangrando de saudade.
Sou apenas alguém…
com olhos e cabelos castanhos.
Que mais posso dizer?
Nunca fiz nada de muita importância,
nunca verei meu nome,
em manchetes de jornais.
Eu que pensei que faria tanta falta a alguém,
ficava contando os segundos com o coração aflito,
brigando com o tempo para passar rápido.
Desilusão é saber que sou apenas um,
que pra você existe muitas coisas mais importantes,
que não sou o primeiro a ganhar a sua atenção,
e nem o primeiro a esquentar com seu abraço.
Eu queria apenas que essa dor no peito,
doesse um pouco menos, pra alegria sufocar a tristeza.
Sei que não mim falta e nem preciso de muitas coisas,
mais o que realmente eu queria, não tenho!
Sua principal atenção, seus abraços, seus beijos e desejos.
Sei que não posso te prender, que tenho que oferecer um jardim.
Talvez ainda não consegui descobrir quais as flores que te prendem,
por isso sei que a culpa não é só sua,
e sim da minha incapacidade de te conquistar a cada dia,
por isso que sou apenas um, um a mais
que passa sem ser percebido.
Mas, mim deixa aqui com minhas paranóias,
imaginações apenas…

Por: Sérgio Silva






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • cida
    4 ago 2015 | Permalink |

    as vezes é assim mesmo que sentimos

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.