Futebol: Condeúba vence e convence em Piripá

Por: Décio Pereira

amistoso-piripa-(2)

Fotos: Medonho Produções – medonhoproducoes.com.br

Em mais um jogo de preparação para a Copa AMVAGRA, Condeúba enfrentou a Seleção de Piripá, em Piripá.

O jogo foi em Piripá, em campo de terra, mas o Prof Bem armou um time ofensivo e partiu pra cima de Piripá desde o primeiro minuto de jogo e, no primeiro parecia que o jogo era no gramado de Condeúba. O time Condeubense não tomou conhecimento de Piripá, só que embora tenha tomado todas as iniciativas no jogo, embora tenha encurralado o time adversário, embora o goleiro Manuel nem suado a camisa; o ataque condeubense falhou em todas as investidas. Cansou de perder gols na área pequena e Diego perdeu um pênalti.

Veio o segundo tempo e o time de Piripá foi totalmente modificado pelo seu Técnico Cassiano. As mudanças surtiram efeito e o time da casa se encontrou em campo e passou a dominar o jogo, principalmente no meio campo. Só que em um contra ataque condeubense, a bola foi levantada na área e o centroavante Caio, que tinha acabado de entrar sofreu pênalti, que Wellington converteu com maestria.

amistoso-piripa-(1)

Saiu a bola e Piripá empatou, gol contra de Tacio, que se enrolou com o goleiro Manuel. Foi um balde de água fria no time de Condeúba. Piripá cresceu, foi pra cima de Condeúba, encurralou, obrigou o goleiro Manuel a grandes defesas, meteu uma bola na trave e, quando a vitória parecia uma questão de tempo, o craque Tanaka mostrou porque é um dos melhores da região. Ele que jogou sem a unha do pé direito, extraída na sexta-feira (13) a tarde, pegou uma bola na entrada da área e deu uma varada, aquele chute que pega na veia. Indefensável para o goleiro de Piripá. Pronto, Condeúba não vai mais falhar e tomar o empate logo em seguida, já falhou em Belo Campo, Cordeiros, em casa…agora o time tá ligado. Que nada, saiu a bola e a zaga se enrolou, a bola tocou na mão de alguém e pênalti para Piripá. Parecia brincadeira, mas não era. Bola na marca da cal e o empate, mais uma vez, viria logo após um gol de Condeúba. Que nada! No gol de Condeúba tinha Manuel, que tinha sido crucificado no jogo contra Cordeiros, era o dia da sua redenção, além de ter feito belas e importantes defesas durante o jogo, pegou o pênalti. Que beleza Manuel!

Fim de jogo e Condeúba venceu mais uma, a primeira fora de casa. Uma partida irretocável. Destaques para o Preparador físico da Seleção, o Mestre Betão. O time de Condeúba voou baixo, correu do início ao fim. Destaque também para Kaique, que pela primeira vez jogou de titular e fez um partidaço. Anulou o principal jogador de Piripá, Joabe, que não viu a cor da bola e ainda cavou um pênalti, que Diego desperdiçou.

amistoso-piripa-(3)

Só que o maior destaque da partida não foi nenhum jogador, veio da arbitragem. O árbitro Diu deu um show de arbitragem, marcou três pênaltis, todos existiram, mas se não fosse ele um cidadão correto, não teria marcado. Com tranquilidade, sempre se mostrando calmo, superior…cumpriu as regras futebolísticas e comandou o jogo sem medo. E não foi porque Condeúba venceu, haja vista que Piripá perdeu pênalti e botou uma bola na trave. Parabéns Diu, você é um grande árbitro de futebol.

O Selecionado de Condeúba venceu e convenceu porque jogou como time grande, o time foi grande o tempo todo e o grupo se manteve forte e unido durante todos os noventa minutos. Brigou junto, vibrou junto, sofreu junto e JUNTO SOMOS MELHORES!






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.