Câncer de pulmão é o mais fatal entre os homens, revela INCA

homem-fumando

O câncer de pulmão é o tumor maligno que mais mata entre os homens. Cerca de 80% dos casos é em função do consumo de derivados do tabaco, como o cigarro. Em 2013, o câncer de pulmão foi responsável por 24 mil óbitos, de acordo com informações do Instituto Nacional do Câncer (INCA).

A taxa de mortalidade entre as mulheres também aumentou de forma significativa, passando de 4,57 mortes/100 mil em 2000 para 8,60 mortes/100 mil, em 2013. No mesmo período, a taxa nos homens saiu de 10,07 mortes/100 mil e alcançou 16.12 mortes/100 mil.

Agora, esse tipo de câncer tem crescido também entre as mulheres, fato que preocupa a comunidade médica. Segundo a oncologista do Instituto de Oncologia AMO/Hospital da Bahia, Aknar Calabrich, podemos entender o aumento dos novos casos pelo fato das mulheres terem começado a fumar mais a partir dos anos 80 e o elevado número das fumantes.

“Embora percebamos um aumento progressivo de pacientes não fumantes que estão desenvolvendo o câncer de pulmão”, disse Calabrich.

Principais sintomas
Poluição do ar, infecções pulmonares de repetição, deficiência e excesso de vitamina A e exposição a certos agentes químicos também influenciam bastante como potenciais causadores da doença.

A oncologista alertou para os principais sintomas que podem sinalizar o câncer de pulmão: tosse persistente, falta de ar e perda de peso são os principais, além da presença de secreção sanguínea.

“É importante a consulta médica nesses casos, porque se trata de um câncer silencioso, cujo diagnóstico, normalmente, é feito com a doença já em estágio avançado”, frisa Aknar.

Fonte: Correio






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.