Condeúba: Saiba quanto candidato a prefeito e vereador poderá gastar nas eleições de 2016

prefeitura-condeuba

As cidades de São Paulo, Belo Horizonte e Rio de Janeiro poderão ter as campanhas para prefeito mais caras entre as capitais nas eleições municipais deste ano, conforme limite estabelecido pela Justiça Eleitoral em dezembro, com base na recente minirreforma eleitoral.

(Consulte aqui o limite de gastos do seu município).

Em Condeúba, os números vão ser bem menores. O maior gasto declarado última eleição para prefeito foi de cerca de R$52 mil. Já para 2016 a situação será bem diferente.

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, o limite máximo para o pleito desse ano em Condeúba será de cerca de R$36 mil para prefeito de R$14 mil para vereador.

Esses limites, porém, ainda deverão subir cerca de 30%, correspondentes à inflação acumulada entre outubro de 2012 a junho deste ano (levando em conta as projeções do mercado).

Antes da minirreforma eleitoral, eram os próprios candidatos que definiam o quanto iam gastar, sem limite fixo, e só informavam o valor à Justiça para posterior verificação com as receitas captadas.

O objetivo da nova lei foi reduzir o custo das campanhas, impondo também um tempo menor de campanha, cujo período caiu pela metade.

Se antes as campanhas iam de julho a outubro (ou novembro, em caso de segundo turno), agora começam em 16 de agosto.

Outra mudança — promovida, porém, pelo Supremo Tribunal Federal (STF) — foi a proibição das doações de empresas para partidos e candidatos.

Com informações Blog do Rodrigo Ferraz.






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.