Ações Ambientais buscam tornar o Colégio estadual de Condeúba autossustentável

Por: Dermeval Filho

Feira de Ciências realizada pelos alunos em 2015 foi o marco inicial do projeto que começa a ser colocado em prática

acoes-ambientais-clegio-estadual-condeuba (17)

Fotos: Dermeval Filho – Ddez

Os alunos que chegarem para o início das aulas no Colégio Estadual de Condeúba em 2016 irão, de cara, encontrar várias mudanças, a começar pelo pátio do colégio, que tem recebido plantio de árvores e uma decoração nova. Essas e outras novidades fazem parte do projeto desenvolvido por professores ao lado da nova direção e tem como meta, torná-lo autossustentável daqui para frente.

Já na Jornada Pedagógica, que antecede o início do ano letivo, o projeto começou a ser colocado em prática. Na ocasião, algumas das mudanças estruturantes pelas quais passa o colégio, foram apresentadas a cerca de quarenta professores que participaram do planejamento para início do ano letivo. As aulas no CEC devem iniciar paralelamente às do município, marcadas para o próximo dia 29.

acoes-ambientais-clegio-estadual-condeuba (10)

Sob o tema “Práticas que Educam”, o corpo docente do CEC se reuniu entre os dias 15,16 e 17 em tempo integral, debatendo temas e preparando o roteiro para o ano letivo que se inicia. Esse ano, uma das convidadas foi Suely Lira, Assistente Social e coordenadora do CREAS em Vitória da Conquista, que abordou discussões étnico-religiosas e sociais.

O Projeto de sustentabilidade que será implantado no Colégio Estadual tem como um dos incentivadores, o professor e técnico agrícola, Jorge Luís Araújo. A iniciativa envolve ações de paisagismo, implantação de hortas, canalização de águas, plantio de árvores e a construção de calhas (sistema hidráulico que capta água das chuvas e leva para as caixas). Essas e outras mudanças visam melhorar a estrutura no entorno do colégio, além de trabalhar a conscientização dos alunos para as questões ambientais.

acoes-ambientais-clegio-estadual-condeuba (8)

Para a atual diretora, Leniram Rocha, as novas ações buscam a interação entre professores e alunos no que se refere a preservação e conscientização ambiental. “Iremos trabalhar noções básicas como o cuidado com o lixo na área do colégio e o uso de material reciclável, como pneus e madeira na ornamentação de canteiros e jardins do nosso colégio. Além disso, o sistema de captação de água implantado pelo professor Jorge Araújo irá permitir uma economia considerável no consumo e na conta de água. Temos um consumo alto de água. Essa iniciativa, juntamente com outras medidas, como a implantação de hortas, trará uma economia mensal considerável para o colégio. A médio prazo pensamos até na utilização de placas solares”.

A diretora lembra ainda que o projeto em andamento é fruto da “Feira de Ciências” realizada em 2015. “Vários dos temas apresentados pelos alunos naquela ocasião começam a ser postos em prática e tenho certeza que eles terão uma agradável surpresa quando se depararem com as novidades”, ressaltou. “Além dessa mudança na estrutura, outro projeto para 2016 diz respeito ao incentivo às práticas educativas e alavancar o projeto de leitura é um dos nossos maiores objetivos”. A direção do CEC destaca o apoio que tem recebido da comunidade condeubense, por meio de doações de material e da prefeitura do município, com o fornecimento de mão-de-obra e outros materiais.






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • Ana Cândida Ribeiro Viana
    18 fev 2016 | Permalink |

    Parabéns. Bela matéria.
    É preciso evidenciar as ações de autossustentabilidade adotada pelo Colégio Estadual de Condeúba, através do trabalho conjunto de toda a comunidades escolar. Importante destacar a Jornada Pedagógica de 2016 nas escolas da rede estadual “Práticas que Educam: responsabilidade de todos, compromisso da escola”. Na oportunidade, cabe uma saudação especial à Direção, à coordenação, aos professores, funcionários, alunos, pais e toda comunidade, pois só assim fortalecemos o processo educativo.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.