Política conquistense: ‘Cansamos de apoiar o PT. Nem se o Papa pedir eu retiro minha candidatura’, diz Fabrício

fabricio-01

O deputado estadual Fabrício Falcão (PCdoB) afirmou que “nem por intervenção do governador [Rui Costa] e do papa” vai abrir mão de sua candidatura a prefeito de Vitória da Conquista para integrar como vice-prefeito uma chapa encabeçada pelo PT na disputa pelo comando da terceira maior cidade da Bahia.

Segundo o comunista, a única chance de uma composição entre as duas siglas, aliadas no âmbito político estadual, é se o PT aceitar “vir como vice”. “A única chance que temos de conversar é se, na composição, eles nos apoiarem. Nós temos 20 anos consecutivos apoiando o PT. O PCdoB amadureceu e hoje nós achamos que o momento é propício para lançarmos candidatura própria”, afirmou em entrevista ao Bahia Notícias. Dizendo-se “cansado” de apoiar o PT em Conquista, o parlamentar declarou que “não vai entrar no jogo” do partido – a legenda endossará a pulverização de candidaturas entre siglas aliadas para tentar levar as eleições ao segundo turno em algumas cidades. “Nós temos convicção de que vamos levar a eleição para o segundo turno. Lá, a gente vai poder ver o partido nos apoiar”, confia. Ainda segundo o parlamentar, o governador Rui Costa não interveio junto ao PCdoB para tentar demovê-lo da ideia de partir para candidatura própria. “Por enquanto, o governador ainda não chamou para conversar.

Ele tem buscado não interferir nesta situação, mas o PT vai procurar o PCdoB para conversar, com certeza”, disse. Sem perspectiva de composição com o PT, que anunciou nesta quarta-feira (23) o nome do deputado estadual Zé Raimundo como pré-candidato a prefeito, Falcão tem buscado acordo com outros partidos. “Temos conversado com PDT, Solidariedade, PV, com várias forças políticas”, revelou.

Fonte: Bahia Notícias






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.