Condeúba agradece às irmãs missionárias pela vida dedicada às causas sociais e religiosas na região

Por: Dermeval Filho

Antes divididas em atividades entre Condeúba e Salvador, a partir de agora as missionárias darão continuidade aos trabalhos sociais na região de Lauro de Freitas

irmas missionarias despedida condeuba (10)

Fotos: Dermeval Filho – Portal da Transparência | Gov de Condeúba

Uma noite de gratidão, agradecimentos e emoção de todas as partes. Após 28 anos dedicados à missão religiosa e social em Condeúba, as “Irmãs Missionárias da Redenção” se despedem da comunidade onde criaram laços afetivos. Elas a partir de agora darão continuidade ao trabalho que realizam desde o ano de 2008 em Salvador, na região de Lauro de Freitas, onde já desenvolvem ações sociais e de evangelização. Em nome da comunidade condeubense, várias pessoas se reuniram no prédio do PRODEC, espaço que marca a passagem das missionárias por Condeúba, numa demonstração de reconhecimento pelo grande trabalho desenvolvido e que beneficiou centenas de crianças por quase três décadas.

irmas missionarias despedida condeuba (11)

O PRODEC foi o cenário escolhido na noite dessa terça-feira,19, para a homenagem reservada às irmãs Letícia, Eunice e Jackeline, após anos dedicados aos trabalhos sociais na região. A cerimônia que serviu de reconhecimento das ações desenvolvidas, foi uma iniciativa do representante da paróquia, Padre Osvaldino Barbosa e do Governo de Condeúba. A comunidade lembrou com carinho também dos padres Tizziano e Vicente e da irmã Carla, pioneiros nesse projeto que atuou diretamente na formação de muitas crianças e adolescentes do município.

irmas missionarias despedida condeuba (5)

Vários testemunhos marcaram as homenagens. Cada um em suas particularidades lembrou a importância das missionárias em suas vidas, em especial a Irmã Letícia, que desembarcou no Brasil em 1988 e depois de quase trinta anos deixa laços de amizade profundos entre os condeubenses. Emocionada, Letícia lembrou a origem do PRODEC e o fim de um ciclo que deixou bons frutos. “É vida que dá vida. Importante lembrarmos como tudo começou para que fique presente na memória esse grande gesto de amor”.

A missionária se referia a origem do PRODEC, após um drama familiar ocorrido na Itália. Uma criança de família católica e coroinha da igreja perdeu a vida em um acidente, quando se dirigia à missa. Em meio à dor, a família doou todo o valor do seguro de vida do filho para a construção do prédio em Condeúba. O PRODEC se tornou referência na região, levando reforço educacional, cursos de formação para grupos de jovens e catequistas e mudando para melhor a vida de muitas crianças.

Fonte: condeuba.ba.gov.br

 






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.