Caculé: Músico faz sucesso ao criar instrumentos de baixo custo com PVC

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

O músico Alan Jonas Brito, paulista de Jundiaí, mas baiano criado na cidade de Caculé, chegou a Salvador no ano de 2010 para cursar licenciatura em música na Universidade Federal da Bahia (Ufba). Ficou sabendo sobre o projeto de lutheria do Neojiba (Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia) e conseguiu uma vaga de aprendiz para o ofício. O jovem dedica seus dias de trabalho a projetar, fabricar e finalizar com perfeição violinos e violas de plástico, feitos com tubos de PVC.

Alan-Jonas-Brito-cacule-2

Responsável pela Coordenação Técnica e Pedagógica do Atelier da Orquestra Plástica, o luthier pesquisa novas formas de tecnologias e conceitos de inovação que possam ser aplicadas na construção de instrumentos musicais. Com um custo de produção mais viável financeiramente, os primeiros violinos confeccionados já estão sendo tocados por jovens e crianças atendidas pelo projeto. Ele conta que o PVC não tem propriedades acústicas como a madeira, portanto o alcance sonoro dele será menor. Contudo, o violino de plástico tem o timbre do violino de madeira. Com matéria-prima reutilizável, esses instrumentos possuem mais resistência a impactos físicos e redução de manutenções.

Fonte: Brumado Notícias






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.