Policiais professores ou profissionais de saúde poderão acumular cargos

negociacao pm deputados

A Assembleia Legislativa da Bahia aprovou nesta terça-feira (9), em dois turnos, emenda constitucional que permite que policiais com profissões regulamentadas  acumulem cargo de professor ou de profissional da área de saúde, desde que não haja incompatibilidade de horários com a função militar. Foi mais uma conquista da categoria, segundo avaliou o deputado Zé Raimundo, que se soma a outras asseguradas no atual governo, através da LOB (Lei de Organização de Base) da Polícia Militar, cuja relatoria esteve sob sua responsabilidade (foto da negociação com pms para elaboração do relatório).

“Essa emenda abre um novo horizonte para muitas comunidades carentes de profissionais de educação e saúde e vai possibilitar a cultura de uma polícia mais solidária e próxima dos cidadãos” , defende o deputado, observando que a alteração aprovada é clara na exigência de que a acumulação de cargos é liberada desde que haja qualificação dos policiais para exercer as funções em questão. Conforme a justificativa da emenda aprovada, observou o deputado, a participação dos militares nas áreas de educação e saúde, que demandam constante atualização e aperfeiçoamento profissional virá influenciar positivamente no desenvolvimento das atividades próprias de suas corporações, resultando em uma elevação de qualidade no desempenho de suas funções.

Por: Joana D’Arck | Assessoria Parlamentar






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.