Educação: Escola Adelmário Pinheiro, no Distrito da Feirinha, mais uma vez é destaque no projeto “Ler é bom, experimente!”, do escritor Laé de Sousa

Por: Dermeval Filho

Textos de alunos da escola foram escolhidos para fazerem parte da coletânea do autor

projeto-ler-e-bom-escola-feirinha-condeuba-3

Alunos da rede municipal de ensino, em Condeúba, mais uma vez são destaque do projeto “Ler é Bom, experimente”, do escritor Laé de Sousa. “O projeto é importante porque desconstrói a ideia de que ler é um hábito chato e monótono”, lembra a professora Rosângela Meira, pioneira em apresentar o projeto entre estudantes do município.

projeto-ler-e-bom-escola-feirinha-condeuba-5

Difundido na Escola Municipal Adelmário Pinheiro, no Distrito da Feirinha, entre as turmas do 6° ano ao 9º ano do ensino fundamental II, o projeto contou com o apoio da diretora Adriana Carla Ribeiro Bentencourt, todo o corpo docente da escola e tem mostrado a cada ano, a importância da leitura na evolução e desenvolvimento crítico do aluno.

A participação no projeto envolveu todas as turmas da EMAP e a partir da leitura do livro, “Espiando o Mundo pela Fechadura”, do referido autor, foi realizado intercâmbio literário com debate sobre temas contemporâneos, dramatizações, questionários e por último, a produção textual. Os melhores textos foram enviados ao autor Laé de Sousa para participarem da seleção aberta a todos os estados brasileiros. Os alunos da Escola Adelmário Pinheiro concorreram com alunos de escolas de todo o Brasil.

projeto-ler-e-bom-escola-feirinha-condeuba-10

O resultado mais uma vez foi gratificante para a escola do Distrito da Feirinha, que já havia alcançado o melhor índice do IDEB em Condeúba (6,6). Os textos das alunas Bianca dos Santos Soares (9º ano) e Rute Ribeiro Bentencourt (6º ano) foram selecionados pela equipe do projeto “Ler é Bom- Experimente”, e farão parte da coletânea “As melhores histórias dos projetos de Leitura – vol. 8”. “Sem dúvida, a leitura é um hábito que traz benefícios para a nossa vida, além de ser envolvente, expande nossas referências e nossa capacidade de comunicação”, destacou mais uma vez a professora, orgulhosa dos seus alunos.

Fonte: condeuba.ba.gov.br






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.