Bom Jesus da Lapa: Morre mais um suspeito de ação que matou PMs

Foto: Divulgação l Polícia Civil

Conhecido como Ponto 50, Vangervaldo dos Santos Correia morreu nesta sexta-feira, 27, em Bom Jesus da Lapa, município que fica 777 km de Salvador, em confronto policiais militares que atuam na Operação Lapa. De acordo com o registro policial, ele reagiu com tiros a uma abordagem, enquanto trafegava por volta do meio-dia em uma avenida movimentada da cidade.

Com Ponto 50 foi apreendido um revólver calibre 38, munições e uma Toyota Hilux Preta, com placas de Goiânia. O fato está sendo investigado pelo delegado da Polícia Civil local, Antônio Albuquerque César.

A Operação Lapa é uma força-tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) que busca localizar e prender criminosos que participaram do ataque Bom Jesus da Lapa na noite do último domingo, 22, quando dois PMs foram sequestrados e mortos e um outro PM ficou ferido.

Morreu na troca de tiros Marcelo Alves de França, 38, integrante da quadrilha, conhecido como Célio de Laurita. Ele era natural de Cabrobó, mesma origem de Edgar José Gomes, o “Edgar de Nó”, cujo corpo foi encontrado em Juazeiro, na terça-feira (24) com marcas de tiros e que era suspeito de participar do ataque . Ele ainda era investigado pela morte de dois PMs em Pernambuco e um na Bahia.

Na operação, deflagrada pelas polícias Civil e Militar, foi preso na quinta-feira (26), em Carinhanha, Euder Roberto da Silva, o Dinho, suspeito de integrar a quadrilha. Contra ele havia mandado de prisão em aberto pelo envolvimento em roubos a agências dos Correios na região. Já na quarta (25), outro homem morreu em troca de tiros com policiais na cidade de Côcos. Marisley Santos da Silva, 26, conhecido como Ley, era suspeito dedar apoio logístico ao bando, alugando a casa usada para abrigar a quadrilha.

Fonte: A Tarde






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.