Sete assaltantes são mortos em confronto com a polícia em Mato Verde

Na madrugada dessa quinta (02/02), o Centro de Mato Verde foi transformado em “praça de guerra”. Isso por que a Polícia Civil, depois de três dias de monitoramento, estava esperando uma quadrilha especializada em assaltos a bancos atacar na cidade.

A operação da Polícia Civil foi comandada pelo delegado Renato Nunes Henrique, Chefe do Departamento de Montes Claros. Tudo indica que o mesmo bando tenha atacado em Monte Azul e São João do Paraíso, além de Montezuma na madrugada de quarta (01).

Com a tocaia armada, assim que os bandidos arrombaram a porta da agência do Banco do Brasil, cerca de 40 policiais civis cercaram a quadrilha, que estava fortemente armada com fuzis, metralhadoras e pistolas, ocasião em que foi iniciada a intensa troca de tiros. Conforme as primeiras informações, sete assaltantes morreram na hora e um teria ficado ferido, outros três conseguiram fugir.

Dr. Renato informou que a quadrilha é de São Paulo e teria efetuado várias explosões em agências da região, por isso vinha sendo monitorada. “Com as investigações, descobrimos que eles iriam atacar em Mato Verde nessa semana, com isso, montamos a operação com 40 policiais civis das Regionais de Montes Claros e Janaúba“, disse o delegado, informando ainda que nenhum policial ficou ferido.

Fonte: jornalfr.blogspot.com.br






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.