Centenas de cavaleiros e amazonas participam de 10ª Cavalgada de Guajeru

Tradição e valorização cultural são celebradas em evento que homenageia o sertanejo nordestino.

Dentro dos festejos a São Pedro o Governo Municipal também promoveu a realização da 10ª Cavalgada de Guajeru, evento marcado mais uma vez pelo número recorde de cavaleiros e amazonas e que tem, como um dos seus objetivos, promover o resgate da cultura e a valorização do homem sertanejo, seus modos, costumes e tradições.

“Arreie o seu cavalo amigo e amiga e vamos nós pra cavalgada”. Este trecho da canção “Cavalgada”, cantada pelo ícone dos vaqueiros, Edgar Mão Branca, traduz o que se viu em Guajeru na manhã do domingo (02). Centenas de “amigos e amigas” de toda região arrearam seus cavalos e marcaram presença em uma das maiores cavalgadas já realizadas no município, chegando a cerca de 1.000 cavaleiros inscritos. Entre tantos, estava o Sr. Joaquim (Quebra Gelo), 64 anos, morador da comunidade de Serra Escura, município de Jânio Quadros, que mais uma vez prestigiou a Cavalgada. “A gente, mesmo com toda dificuldade vem né. Tem que vir, tem que participar. Muito bonita a cavalgada de Guajeru, muitos amigos aqui participando. Peço a Deus saúde pra ano que vem eu tá aqui outra vez”, disse.

Como tem acontecido nos últimos anos a concentração dos cavaleiros e amazonas aconteceu na Fazenda Mandacaru (BA-148 Guajeru/Malhada de Pedras) de onde saíram em desfile por algumas ruas da cidade seguindo em direção à Praça Deoclides Pereira Dias (Praça da Feira). Na ocasião o prefeito Gil Rocha fez um breve pronunciamento onde agradeceu a participação de todos, à disposição de saírem de suas respectivas cidades para estarem ali, engrandecendo e dando ainda mais brilho à 10ª Cavalgada de Guajeru. “Não posso deixar de agradecer aqui a cada um de vocês que nos prestigia e que são a razão de todo nosso trabalho. Essa festa é realizada por nós, mas para vocês. A todos os visitantes e também aos guajeruenses que se dispuseram a levantar logo cedo e saíram de suas casas para estarem aqui, com a gente, fazendo essa festa linda, meu muito obrigado. Não posso deixar de agradecer também a toda comissão organizadora da cavalgada, pessoas que trabalharam duro nos últimos dias para que tudo desse certo e saísse como planejemos, como de fato foi. Obrigado a todos”. Em seu discurso o prefeito Gil Rocha pediu um minuto de silêncio em memória de um dos integrantes da comissão organizadora da Cavalgada, Antônio de Souza Porto (Corate) que faleceu no último dia 26 de junho. “Queria lembrar aqui do nosso querido Antônio Porto, conhecido por todos como Corate, que sempre esteve conosco neste trabalho, nos ajudando na realização da Cavalgada, algo que ele amava e sempre fazia parte. Sua morte nos pegou de surpresa e não permitiu que ele estivesse aqui hoje participando desta festa. Peço a todos um minuto de silêncio em sua homenagem e agradeço a presença do seu filho que está aqui conosco o representado e honrando a memória do seu pai”, disse emocionado.

Na sequência da programação foram sorteados diversos brindes aos participantes da Cavalgada, brindes estes ofertados por comerciantes e empreses apoiadores do evento. Após os sorteios foi servido um almoço, a tradicional feijoada, para os participantes na Escola Municipal Prefeito Antônio Andrade.

Fonte: Ascom / Governo de Guajeru






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.