“Ocorrência zero”: Diz Polícia Militar sobre os festejos de São Pedro em Guajeru

Governo Municipal investe em segurança durante os festejos e o resultado é um número nulo de ocorrências.

Realizado entre os dias 01 e 02 de julho, os festejos de São Pedro em Guajeru foi sinônimo de muito forró, diversão, animação, confraternização e principalmente de segurança, conforme informações das Polícias Civil e Militar.

Em conversa com o Cabo PM Nilberto, a Assessoria de Comunicação do Governo de Guajeru confirmou a informação de que durante os dois dias de festa não houve registro de nenhuma ocorrência. “Ocorrência zero. Não tivemos nenhum incidente, por menor que fosse. Uma festa muito tranquila, tudo na ordem e sem maiores preocupações”, ressaltou Nilberto.

Com um efetivo de 12 agentes, entre PMs e Policiais Civis, a equipe de segurança que trabalhou durante o evento chamou a atenção para essa “falta de incidente”, uma vez que a festa reuniu um número grande de foliões onde boa parte dele faz uso de bebidas alcóolicas o que favorece a ocorrência de brigas, por exemplo. Para a Polícia Civil a única ocorrência registrada foi a perda de um documento.

O prefeito Gil Rocha comentou este resultado atribuindo esta realidade ao trabalho ostensivo dos agentes da Polícia Militar e da Polícia Civil, destacando também a preocupação do Governo Municipal com a segurança e em oferecer condições e suporte para o trabalho da equipe. “Assim como nos preocupamos em oferecer uma praça ornamentada, um som de qualidade e atrações musicais que possam fazer uma grande festa, também nos preocupamos com a segurança e a tranquilidade que cada cidadão precisa ter, dando todo suporte possível às Polícias Civil e Militar, apoio este que não acontece somente nos eventos, mas que é uma constante. Além se sermos uma cidade hospitaleira, somos também uma cidade segura”, enfatizou Gil Rocha.

Fonte: Ascom / Governo de Guajeru






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.