Educação – Colégio Estadual de Condeúba realiza Festival Estudantil/2017

Por: Décio Pereira

Fotos: Antônio Vieira - Medonho

A cada nova atração que era anunciada, revelava-se um ato de criatividade, estética, beleza e novidade, traduzido em movimentos e sons em forma de arte. Uma poe sia, uma dança, uma música...e tudo isso adornado com pinturas, desenhos e muita juventude.

Os artistas do Colégio Estadual de Condeúba deram um show, fizeram de uma noite fria, de uma quinta-feira comum, uma noite transcendental e agradabilíssima, fizeram um verdadeiro espetáculo na Associação Atlética Banco do Brasil, que estava vestida a rigor para a festa. Tudo muito bem organizado, arrumado e enfeitado. Parabéns aos responsáveis.

Até aí, tudo normal, como normal também foi assistir a Diretora do Colégio, Leniran, bailar a cada estalo de cada nota que o serviço de som emitia. Êta mulher animada!

Mas, a grande surpresa da noite não foi nada que já tenhamos citado ou visto, quando o assunto é arte juvenil, a surpresa foram as apresentações fantásticas do Coral do Colégio Estadual, eu disse Coral, isso mesmo, Coral. E que Coral! Vestidos na cor preta, mas mais brilhantes do que o sol em dias quentes de verão, os garotos e garotas fizeram o novo, da forma mais velha possível. Músicas lindas, bem ensaiadas, treinadas e executadas com perfeição e maestria, que mais parecia serviço de veteranos. O Coral encantou a todos, fez com que a plateia viajasse por um som diferente do comum, de maneira extasiada, embalada por um novo velho canto, o canto do Coral.

Garotos que mais pareciam os três tenores em atividade; garotas com um conjunto de doces vozes inigualáveis e afinadíssimas... juntos rasgaram o silêncio e fizeram com que todos silenciassem o que faziam, para ouvir aquele som diferente, mas incrivelmente bonito.

Som bom de se ouvir. Dava pra ficar a noite toda ouvindo aquela garotada...

ÊPA!

Que TAL o FACE?

AVE, que espetáculo!

É mesmo?

Então PROVE, DANCE e me ENCANTE.

Epa: educação patrimonial e artística

Tal: tempo de artes literárias

Face: festival anual da canção estudantil

Ave: artes visuais estudantis

Prove: produção de vídeos estudantis

Dance: dança estadual

Encante: encontro de canto e coral

Mais fotos acesse o Facebook de Antônio Vieira.

AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.