Temer proibirá abertura de cursos de medicina por 5 anos

Pelos próximos cinco anos não serão abertos novos cursos de medicina no país, se o presidente Michel Temer decretar uma moratória que já espera por sua assinatura.

Conforme informações da colunista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo, o ministro da Educação, Mendonça Filho, confirmou que o decreto para a adoção da medida já está em cima da mesa de Temer.

Conforme o ministro, a medida que prevê a paralisação na abertura de novos cursos de medicina é uma preocupação do setor com a manutenção da qualidade na formação dos profissionais.

“Há um clamor dos profissionais de medicina para que se suspenda por um período determinado a abertura de novas faculdades, em nome da preservação da qualidade do ensino”, afirmou o ministro à colunista.

Em andamento

Porém, de acordo com Mendonça Filho, dois editais que estão em andamento desde a gestão Dilma Rousseff, serão concluídos.






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.