Condeúba / Futebol – Estádio Parmenão foi reaberto

Por: Décio Pereira

Fotos: Ddez

Depois de um ano fechado para reforma do gramado, o estádio Permanão de Condeúba, foi reaberto neste domingo, recebendo jogos do Campeonato Municipal da Zona Rural.

Com o gramado beirando a perfeição, agora sob o comando do atual Diretor de Esportes, Alexandre Vieira, jogaram pelas quartas de final Mucambo X Mandacaru. O jogo terminou empatado em 2 a 2 e o Mucambo e classificou para a semifinal.

A torcida compareceu em massa, lotando as dependências do estádio, fazendo uma festa muito bonita. O futebol na zona rural tem sempre partidas com muita gente assistindo. Com o campeonato brasileiro finalizado e sem futebol ao vivo pela TV, o Parmenão ficou pequeno.

O segundo jogo foi valendo pela semifinal, Tiradinhos (Riacho Seco) X Cerquinha.

O Tiradinhos recheado de estrelas da Seleção Condeubense, parecia que venceria fácil.  Começou empresando o adversário, que só foi ao ataque pela primeira vez lá pelos 10mn, só que chegou chegando e no primeiro escanteio, o time da Cerquinha inaugurou o placar. E manteve a pegada, logo em seguida teve um pênalti a seu favor, que possivelmente enterraria as pretensões do Tiradinhos.

Tanaca, um dos melhores jogadores da região, estrela e capitão do time da Cerquinha, chamou pra si a responsa e jogou na torre de telefone, trazendo os Tiradinhos pro jogo.

Não deu outra, aquela máxima do futebol prevaleceu: quem não faz, toma. O Tiradinhos empatou na sequência.

Veio o segundo tempo e nada mudou no placar. 1 X 1 e jogo foi para os pênaltis. O goleiro Manuel venceu o goleiro Jean e os Tiradinhos se classificaram para a grande final.

Na sequência do campeonato, dia 17/12 teremos Carranca X Mucambo, desta vez valendo pela outra semifinal.

A equipe dos Tiradinhos está na espera do ganhador para fazer dia 23/12 a grande final.






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.