À base de carro pipa, Guajeru passa pela pior crise hídrica de sua história, diz prefeito Gil Rocha

Em entrevista ao site Achei Sudoeste, o prefeito Gil Rocha (PDT) declarou que o município de Guajeru está passando pela maior crise hídrica de sua história. O gestor relatou que, no momento, todo o abastecimento na sede do município é realizado através de carros pipas. Rocha adiantou que solicitou ao governador Rui Costa, bem como a alguns deputados, apoio para viabilizar recursos para construção de uma adutora para captação de água. O objetivo, segundo ele, é minimizar os efeitos da seca, que assola também a cidade vizinha de Rio do Antônio. Nossa reportagem ouviu alguns moradores da localidade, que relataram que voltaram a utilizar talheres e pratos descartáveis, já que estão sem água para lavar a louça. Com a crise no abastecimento, a Administração Municipal também tem se preocupado com a migração de vários populares para outras regiões e até para outros estados em busca do sustento para suas famílias, já que boa parte é composta por lavradores que vivem do plantio no meio rural. Guajeru depende da água do Rio do Antônio, que fica represada na Barragem do Truvisco, mas que com a seca está com o nível bem abaixo do normal. A barragem já atende aos municípios de Caculé e Licínio de Almeida.

Fonte: Achei Sudoeste






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.