Sai edital da adutora do Truvisco que será construída com recursos próprios da Embasa

Devido à morosidade do Ministério da Integração do Governo Temer em liberar os recursos para a construção da adutora do Truvisco – que fornecerá água da barragem sediada em Caculé para os municípios de Rio do Antônio e Guajeru – o Governo da Bahia assumiu a obra e a executará com recursos próprios da Empresa Baiana de Águas e Saneamento – Embasa. O investimento previsto está orçado em aproximadamente R$ 7 milhões, conforme edital publicado no último sábado (20).

As informações foram passadas ao deputado federal Waldenor Pereira e ao prefeito José Alves (Deca) pelos diretores da Embasa em audiência ocorrida nesta segunda-feira (22) em Salvador.

A decisão do governo baiano e da Embasa vem atender às reivindicações do deputado Waldenor, juntamente com os deputados estaduais Ivana Bastos e Marquinhos Viana, em atendimento às solicitações do prefeito Deca e sua equipe de governo, e que contou também com o empenho do prefeito de Guajeru, Gil Rocha.

Em dezembro do ano passado, o gestor municipal, acompanhado do deputado Waldenor, esteve na direção da Embasa pedindo celeridade na execução do projeto da adutora, obra de grande urgência para as populações de Rio do Antônio e Guajeru, que levar abastecimento de água para cerca de 25 mil habitantes.

Fonte: Mandatos dos Deputados Waldenor Pereira e Zé Raimundo






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • Paulo Aguiar
    26 jan 2018 | Permalink |

    Esta adutora foi uma indicação do Deputado Luciano Ribeiro de Caculé, através da IND/21.556/2015

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.