Poesia

Poesias

Festas – Deixe Junho Pro São João

Do poeta Braulio Tavares: “Deixe junho pro São João”. Deixe o batuque do axé pro carnaval da Bahia e a insana pornografia não troque no arrasta-pé. Rapariga e cabaré? Em nenhuma ocasião. E o forró da ostentação Reinando o falso interesse? Não faça um negócio desse, Deixe junho pro São João. Pelo menos uma vez Esqueça Michel Teló E deixe eu dançar forró Os trinta dias do mês. Um disco de Marinês, O gogó de […]






A Moça Da Foice

Por: Wandras Rocha Santos Que mundo é esse? De sofrimentos e maldades, De carências e apertos, De fome e de miséria, Que mundo é esse? Onde a moça da foice me rodeia E tenta me abraçar a todo estante. Saia de perto de me moça! Sem sentimentos, sem vocação. Por que a sociedade não muda? E agora, quem sou eu neste mundo? Onde o pobre não tem direitos. Onde o preconceito governa os inocentes. Onde a […]






Crônica: O Encontro e a Mensagem do Poeta na Cidade das Artes

III Encontro Café com Poemas em Ouro Preto/MG Ouro Preto é a cidade das artes, da arquitetura, das pedras preciosas, do turismo, dos grandes festivais, dos museus e de várias outras expressões artísticas-culturais que encantam qualquer visitante. Em cada lugar que se vai, cada casa, cada objeto ali contido tem uma história para contar. E é exatamente neste cenário que aconteceu, de forma sublime, o III Encontro Café com Poemas, organizado pelo jornalista e poeta […]






Primavera

Ah! quem nos dera que isto, como outrora, Inda nos comovesse! Ah! quem nos dera Que inda juntos pudéssemos agora Ver o desabrochar da primavera! Saíamos com os pássaros e a aurora. E, no chão, sobre os troncos cheios de hera, Sentavas-te sorrindo, de hora em hora: “Beijemo-nos! amemo-nos! espera!” E esse corpo de rosa recendia, E aos meus beijos de fogo palpitava, Alquebrado de amor e de cansaço. A alma da terra gorjeava e […]






Para sempre – Poema de Carlos Drummond de Andrade para as Mães

Por que Deus permite que as mães vão-se embora? Mãe não tem limite, é tempo sem hora, luz que não apagas quando sopra o vento e chuva desaba, veludo escondido na pele enrugada, água pura, ar puro, puro pensamento. Morrer acontece com o que é breve e passa sem deixar vestígio. Mãe, na sua graça, é eternidade. Por que Deus se lembra – mistério profundo – de tirá-la um dia? Fosse eu Rei do Mundo, […]






Dia Internacional das Mulheres

 






Cordel em Homenagem a Santo – Equipe Quilombola

ABC de Santo   Condeúba, venha cá Segue a minha saudação A Ademário Cruz A respeitosa atenção Homem cheio de história Que cultua a memória Da atual geração.   Falo do meu amigo santo Calma gente, já vou explicar Um camarada sem manto Um homem espetacular Apelido que ouviu tanto, Conhecido em todo canto, Que Amélia quis santificar.   Pessoal, este momento, Me envolve em recordação Lembro do seu carneirinho Perto do Rio Gavião Que […]






Mulher

Maria, mulher primeira: Modelo para todas as mulheres, Mulher avó, Mulher mãe, Mulher filha, Mulher tia, Mulher sobrinha, Mulher sogra, Mulher menina, Ou menina mulher, Mulher sofrida, Mulher ferida, Mulher que dá a vida, Mulher que doa a própria vida, Mulher lembrada e esquecida, Mulher feliz e agradecida, Mulher entendida e compreendida, Mulher bem sucedida, Mulher bem vivida…, Mulher que não se cansa de lutar pela sua conquista, Mulher que precisa de proteção, Mulher que […]






Leandro Flores – PÉROLAS DO SERTÃO

Vamos apresentar a você O nome das nove cidades da minha região. Eu começo com Condeúba, A jóia mais preciosa desse sertão. Eu sou de Piripá, E também vim aqui me apresentar. Minha cidade é bonita e tranquila. Tenho certeza que irá gostar. Quem vai a Caculé, A cidade mais simpática da região. Logo quer voltar. Não acredita? Dar uma passadinha por lá! Pois minha cidade tem nome de presidente. E fica bem ai por […]






SHANGRILÁ

SHANGRILÁ Shangrilá, eterna semente de alegria Que Deus na terra cultiva. És a esperança de um mundo melhor, És o mais puro fulgor da vida.   Na pressa que apressa os jovens dias Parte da juventude procura se esconder atrás de uma névoa colorida, Em busca de momentos de prazer supremo. Uma dose a mais de coca, Cola na cabeça uma idéia legal E numa transa que parece fenomenal, O jovem chega lá e o […]






Poesia

“Esta vida é uma estranha hospedaria Onde sempre se parte às tontas Pois nunca nossas malas estão prontas E nossa conta nunca está em dia”.