Terra banhada de riquezas

Da série Condeúba 151 anos

Berço histórico do sudoeste da Bahia que agora, com seus 151 anos, mostra em sua longevidade todas as belezas em si lapidadas. Traz-nos orgulho sermos filhos de uma terra com tão belos cartões postais que, às vezes, passam despercebidos por nossos olhos já acostumados. Sejam construções históricas, como o casarão, a antiga prefeitura, a igreja matriz, ou paisagens naturais, como o Morro da Feirinha, o Rio Gavião, nossa privilegiada barragem, ambas nos mostram imagens que um condeubense sempre levará no peito e guardará na memória.

Além disso, é dessa terra abençoada de onde saíram ilustríssimos nomes. Na literatura, na música, na medicina, no direito, nos esportes, nas artes, ou mesmo nos empreendimentos, sempre teremos um acervo excelentes referências conterrâneas. Poderia escrever dezenas de páginas com nomes, mas, infelizmente, exemplificar é limitar.

E quando o sino da igreja matriz tocar na entrada do dia 14 de maio, é com enorme satisfação que dou meus parabéns, a essa terra e aos seus filhos, pela sua magia e seu encanto. E desejo prosperidade, que o tempo lhe traga chuva de estabilidade e desenvolvimento, mantendo sempre a fé do seu progresso.

E você, caro conterrâneo, quais as belas imagens guardadas dessa tão bela terra? E quais suas perspectivas futuras para Condeúba?

Por: João Leandro Rocha Vieira






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.