Esperança

Da série Condeúba 151 anos

São 151 anos em que Deus tem mantido nossa cidade
Embora seja muito bom falar e viver a esperança, precisamos compreender melhor o que ela significa pra nós:
Esperança não é apenas um bom desejo! Como alguém que tem uma decisão importante pra tomar nas próximas horas e agente diz pra esta pessoa:
_ Espero que dê tudo certo!
Isso é apenas um desejo nosso, embora seja uma demonstração de que agente espera que tudo dê certo, mas não passa de um desejo; que é bem diferente de esperança.

Esperança tem relação com nossa expectativa de mudança, de virada; este é um dos motivos que levou o salmista a dizer:
“Elevo os meus olhos para os montes, de onde me virá o socorro?”
É o mesmo que aguardar confiante, tendo plena certeza de que um dia melhor virá, a situação vai se modificar. Em nosso caso, às vésperas do início da campanha eleitoral, somos tomados pelo desejo de voltar a acreditar nas promessas dos candidatos. Me lembro quando, o até então candidato ao governo do nosso estado Jaques Wagner, veio nos visitar; em todo o seu discurso ele citou uma frase que me chamou a atenção. Ele disse que em seu governo não haveria “promessas”, mas “compromissos”. Não encontro a distância que ele apregoou entre “promessa” – “2 Declaração pela qual alguém se obriga, pela fidelidade e pela justiça, a fazer ou deixar de fazer alguma coisa” e “compromisso” – “1 Comprometimento. 3 Ajuste, contrato. 4 Obrigação ou promessa mais ou menos solene” http://michaelis.uol.com.br/moderno/portugues/index.php?lingua. Assim como Jaques Wagner, uma grande maioria dos nossos políticos menosprezam nossa capacidade intelectual em seus discursos. Isso é ruim. Muito ruim!

No verso dos Salmos que acabei de anotar pra vocês, o autor bíblico está fazendo referência a uma possível ajuda que viria das montanhas. Trata-se de uma crença cultural de que o socorro para aquela gente sempre vinha dos montes, de que os deuses moravam nestes lugares. Mas o autor bíblico não está afirmando sobre o socorro que viria pela mão destes deuses falsos. Ele está depositando toda sua esperança nas mãos do Único Deus. Veja na integra:
“1 – Olho para os montes e pergunto: “De onde virá o meu socorro?”
2 – O meu socorro vem do Senhor Deus, que fez o céu e a terra.
3 – Ele, o seu protetor, está sempre alerta e não deixará que você caia.” (Salmo 121.1-3)

“O meu socorro vem do Senhor, que criou os céus e a terra”
O meu socorro vem do Senhor dos senhores, Do Deus de toda terra; a nossa esperança funciona pra nós como ancora da alma no meio do mal, do conflito, do vendaval, da tempestade, do quase, quase;
Todos nós vivemos situações difíceis em que sofremos muito;
Poderíamos chamar de derrotas circunstanciais; Momentos em que agente padeceu, ou está padecendo.
Ao longo da vida carregamos enfermidades físicas, emocionais e da alma;
Ao longo da vida somos traídos, humilhados;
Alguns de nós carregamos dores de vários tipos e sabores;
Aprendemos a conviver e lidar com todos estes males;
Mas há um mal que não conseguimos conviver muito bem:
Com o fracasso existencial;
Só existe um remédio pra este tipo de problema: “O ser humano precisa voltar para casa”
Abraço






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • 14 maio 2012 | Permalink |

    Pr. Ildo sempre sábio nas sua palavras.
    Jesus, a nossa esperança, nos garantiu que teríamos aflições, mas garantiu que teríamos vitórias.! Por isso, lutamos para que a nossa cidade venha ter dias cada vez melhores e isso depende dos condeubenses. Quem vai nos governar? Quem vai cuidar do nosso dinheiro, da nossa saúde, da nossa educação? Está em nossas mãos, podemos e devemos decidir.
    A responsabilidade é nossa!

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.