Anatel acusa TIM de derrubar ligações do Infinity

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) acusa a TIM de interromper de propósito as chamadas feitas no plano Infinity, em que o usuário paga por cada ligação feita, e não, por tempo. A agência constatou a situação após monitorar as ligações da TIM e comparar as quedas das chamadas pelos planos Infinity e de outros tipos.

De acordo com relatório da Anatel, no período de março a maio deste ano, as chamadas pelo Infinity caíram quatro vezes mais do que as demais.

Em apenas um dia (08 de março), 8.179.142 usuários foram afetados pelos desligamentos provocados pela operadora, segundo o site do Ministério Público do Paraná (MP-PR), que entrou com uma ação contra a TIM. Esses clientes gastaram R$ 4.327.800,50 em um único dia, por conta dos serviços não prestados pela empresa.

Na ação do MP-PR, os promotores pedem que a TIM fique proibida de vender novos contratos no Paraná e pague indenização por dano moral coletivo. O MP-PR não se refere aos contratos em outros estados.

Fonte: Atarde

 






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.