Cerol: uma brincadeira que pode custar uma vida

cerol naoComeçou a temporada das ventanias e com ela o retorno do antigo costume de soltar pipas. Por trás de uma inocente brincadeira se esconde uma temível ameaça aos pedestres, ciclistas e motociclistas: O uso do cerol e linha chilena. Feito de uma mistura de barbante com cola e vidro ou quartzo com a intenção de cortar a linha de outras pipas, muitas vezes provocam cortes no pescoço e membros das pessoas, levando-as muitas vezes, a morte. No último final de semana em Condeúba uma das nossas leitoras quando pilotava sua moto foi atingida no queixo com uma linha de pipa e por muito pouco uma tragédia não acontecia. motos_pmExistem no mercado as antenas anti-cerol que custam em média R$ 20 e os protetores de pescoço que custam em média R$ 70. Pensando na segurança de todos, a 2ª Companhia Independente de Polícia Rodoviária orienta os ciclistas e motociclistas a se protegerem e aos pais e responsáveis a proibirem seus filhos de fazerem uso do cerol, por que acredita que a prevenção é o melhor caminho. Com informações da ASCOM/Polícia Rodoviária
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.