Sérgio Silva – Saudade

saudade5

É ter alguém que se ama,

e a distancia não consegue apagar a chama.

Aliar a tristeza pra que um dia ela convença,

que a saudade não compensa,

e que a distância não traz a paz.

O verdadeiro amor de quem se ama,

tece sempre a mesma antiga trama,

e nunca se desfaz.

É não precisar da ausência,

para querer a presença.

Talvez não sejamos absolutos,

temos nossas dúvidas, erros e medos,

saudade, sentimento e sofrimento,

misturados no louco pensamento.

É um pouco como fome,

só passa quando se come.

Não me imagino mais sem você

acho que eu seria como poeira,

uma folha seca levada

pelo vento frio da madrugada.

Ainda bem que sou seu ar,

o brilho aceso no seu olhar.

Saudade é um sentimento de solidão,

mais a maior solidão é não ter por quem sentir saudade,

é passar pela vida e não viver.

Oh, pedaço de mim,

metade afastada de mim.

A distância serve pra unir nosso amor,

e a saudade serve pra me dar

a certeza que pra sempre só vou te amar.

Das lembranças que trago,

você é a saudade que gosto de ter,

pois sinto você perto de mim.

Sinto saudades de tantas coisas,

mais todas me leva a você,

um olhar, o beijo demorado,

um abraço apertado.

As putarias escritas e ditas,

frases inesquecíveis que digo,

pois só sou capaz contigo.

Estou tentando conviver com a saudade,

brigando com essa ansiedade.

Tento fazer poemas de efeito,

mais nada que me deixa satisfeito.

Saudade é não  saber o que fazer,

com os dias que ficaram mais compridos,

nem sanar a dor da ansiedade no peito sem comprimidos.

Não encontrar tarefas que lhe cessem o pensamento,

pois em determinado momento

fica impossível frear as lágrimas diante de uma música.

é aprender vencer a dor de um silêncio,

no vazio que nada preenche,

nem entende e nem compreende.

Só queria ser como uma tatuagem

pra ficar eternamente junto e misturado com você

numa boa dose de humor, putaria e sacanagem.

Por: Sérgio Silva
AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.