Após cassação de prefeito, Rio do Antônio terá novas eleições em dezembro

célio rio do antonio

A população de Rio do Antônio, na região de Brumado, voltará às urnas no dia 18 de dezembro. Após a cassação do mandato do prefeito Humberto Célio Guimarães (DEM), o Celinho, e de seu vice, Murilo Marcondes Dias Martins (PSB), novas eleições serão realizadas. Os gestores foram cassados por captação ilícita de sufrágio (compra de votos) nas eleições de 2012. A ação foi movida pelo segundo colocado nas eleições, José de Souza (PV), o Deca.

À época, moradores da cidade filmaram o demista oferecendo tratores em troca dos votos. Segundo o verde, os vídeos foram entregues ao derrotado, que encaminhou as provas ao Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA) que julgou procedente na semana passada. Ao Bocão News, Deca contou que a cidade está abandonada. “Eles tinham o poder da máquina pública nas mãos e por isso acharam que iam ganhar comprando votos, manipulando as pessoas. Nossa cidade está abandonada, tanto a Saúde como a Educação”, completa.

Rio-do-Antonio-Jose-Souza-Alves

Até o momento, apenas o verde é candidato ao pleito em dezembro. Ao eleitor só basta votar em branco ou nulo, caso discorde da opção. Rio do Antônio possui 11.216 eleitores, entre a sede e zona rural. “Estou muito confiante porque fizemos uma boa campanha, sem dinheiro, e mesmo assim tivemos um bom posicionamento”, afirma o verde.

Enquanto isso, quem assume a cadeira municipal é o presidente da Câmara de Vereadores, Gerson Martins (PP), empossado nesta sexta-feira (19).

Prefeito cassado

Condenado por captação ilícita de sufrágio (compra de votos) nas eleições de 2012, o gestor e o seu vice, Murilo Marcondes Dias Martins (PSB), cujo mandato também foi cassado, deverão ficar inelegíveis pelo período de oito anos, de acordo com a decisão de relatoria do Juiz Saulo Casali, membro do TRE à época.

O Tribunal considerou que o prefeito incorreu no crime de captação ilícita de sufrágio mediante o oferecimento de dinheiro e serviços de trator a eleitores. Em um dos vídeos apresentados pela acusação, o próprio Celinho aparece, acompanhado de um correligionário, na porta da casa de uma eleitora, acertando com ela a oferta do serviço de dez horas de trator.

Fonte: Bocão News






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

UM Comentário

  • Berenice
    22 set 2014 | Permalink |

    Bom… Acho que já passou da hora do povo de Rio do Antônio acordarem, ainda bem que isso aconteceu… Não moro na cidade, mas minha família inteira mora e por isso desejo que e espero que o próximo prefeito faça alguma coisa por essa cidade… Não apenas só para Rio do Antônio, mas também para Ibitira, pois os moradores de lá também dependem do prefeito e ele tem obrigação de cuidar das duas por igual…
    Que vença alguém competente e apto para administrar duas cidades…
    Chega desses porcos, abusadores que só querem ficar ricos e o povo que se lasque….

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.