Eleições 2014: Conheça os milionários baianos que vão ocupar vagas na Assembleia e Câmara Federal

João-Gualberto-680x453

O tucano João Gualberto foi o candidato que declarou o maior patrimônio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE): cerca de R$ 68 milhões

Metade da bancada baiana na Câmara Federal será formada por milionários na próxima legislatura. Já na Assembleia Legislativa da Bahia, 43% dos representantes eleitos possuem mais de R$ 1 milhão na conta bancária, ou seja, 27 dos 63 deputados estaduais.

Eleito deputado federal pela primeira vez nesta eleição, o tucano João Gualberto foi o candidato que declarou o maior patrimônio ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE): cerca de R$ 68 milhões.

Gualberto abriu na Bahia a rede de supermercados Hiperideal, é proprietário da distribuidora de bebidas Tio Sam e um dos sócios da Rede Mix. Foi prefeito do município de Mata de São João entre os anos de 2004 e 2012. Completam a lista dos cinco deputados federais eleitos com maior patrimônio Paulo Magalhães (PSD), com R$ 14 milhões, Cláudio Cajado (DEM), com R$ 7,8 milhões, Lúcio Vieira Lima (PMDB), com R$ 7,7 milhões, e José Carlos Aleluia (DEM), com R$ 5,2 milhões.

Reeleito para o 9º mandato na Assembleia Legislativa, o deputado Reinaldo Braga (PR) lidera em patrimônio declarado entre os estaduais eleitos, com R$ 9,3 milhões. Em 2010, ele havia declarado um total de R$ 4,3 milhões em bens. Em quatro anos, portanto, sua evolução patrimonial foi de 116%. Na sequência dos mais ricos da AL-BA, aparecem Fábio Souto (DEM), com R$ 8,5 milhões, Robinho (PP), com R$ 5,7 milhões, Nelson Leal (PSL), com R$ 4 milhões, e Jurandy Oliveira (PRP), com R$ 3,1 milhões.

Informações do A Tarde.

lista-de-deputados-eleitos-patrimonio-1454476






AVISO: O conteúdo de cada comentário é de única e exclusiva responsabilidade do autor da mensagem.

Deixe um comentário

Adicione seu comentário abaixo . Você também pode assinar estes comentários via RSS.

Seu email não será divulgado. Os campos que estão * são obrigatórios.